E voltámos...

Não há cá desculpas, não há cá ansiedades. O trabalho está pendente há demasiado tempo e temos de nos fazer à vida que isto é para acabar, para por atrás das costas, para deixar de carregar na mala de férias sempre os mesmos livros - "para dar um avanço na tese quando estiver muito calor na praia...". Pois, isso também nunca acontece. Férias são férias. Não é para levar trabalho atrás. E que bem que me souberam estas férias, depois de um período de stress tão intenso que até me apareceram cabelos brancos e os que ainda guardam a cor original, teimam em cair. Mas pronto. Para trás das costas.

Por isso voltámos sábado, domingo andámos numa roda viva a preparar o caminho para as semanas que se estendem à nossa frente, fazendo tábua rasa de tudo o que nos pudesse distrair. E não houve desculpas de qualquer tipo. Hoje às 8 da manha, dormindo bem ou mal, salto da cama, tomo o pequeno almoço e corro para fora de casa, para não cair na tentação de fazer um bolinho, de despachar as poucas peças de roupa que ontem uma dor de cabeça monstruosa impediu de acabar de passar a ferro. 

Folgo em dizer que mesmo com os olhos secos do computador, do ar condicionado, das poucas horas mal dormidas, da dor de cabeça que se manteve hoje, cumpri com a minha lista de tarefas. Incrível, nem queiram saber o quanto tendo em conta a minha inércia habitual... Ajudou uma pequena aplicação para o iphone que se revelou milagrosa: 30/30. Marquei 30 minutos de trabalho para 10 de pausa. Pouco a pouco, ia despachando os artigos, e li 5 neste ritmo. Parava um bocado para relaxar, mas apenas 10 minutos e voltava de novo à labuta. Amanhã penso que vou estender para os 45 minutos, acho que me vai ajudar a render mais o trabalho. E outra app que me ajuda a fixar os objectivos e no final dar-me o prazer de os cumprir: simplesmente To-Do.

Como pequenas coisas ajudam a, passo a passo, alcançar grandes objectivos. Quando não temos um local de trabalho, temos mesmo de ser nós a criar as condições e o ambiente ideal para que a magia aconteça. A próxima lista já está elaborada, por isso, amanhã há mais.

 

Comments

Popular Posts