Resolvi partilhar este texto que não é da minha autoria...

... porque esta é uma realidade com a qual tive de lidar directamente até há bem pouco tempo. Logicamente, não era eu a usufruir do RSI... eu faço parte do grupo de otários que não têm direitos mas que também trabalham e que depois teve de ouvir certas pessoas a gabarem-se de como são mais espertas do que as outras todas. E falta aqui um elemento importante: os que ganham o rendimento mínimo e o acumulam com trabalhos por fora, isentos de impostos e que não têm interesse algum em celebrar contratos de trabalho. Mas como acredito que quando não podemos fazer parte da solução, ao menos que não façamos parte do problema, divirtam-se a ler o texto que encontrei no blogue da Garota de Ipanema e que lhe chegou às mãos via facebook.

QUALIDADE DE VIDA  | RENDIMENTO MINIMO

Qualidade de vida é receber 800 € mensais (ou mais) para não fazer nada.

Qualidade de vida é levantar à hora que se quer porque os outros trabalham para ele.
Qualidade de vida, é ter como única preocupação escolher a pastelaria onde vai tomar o pequeno-almoço e fumar as suas cigarradas, pagos com os impostos dos outros.
Qualidade de vida é ter uma casa paga pelos impostos dos outros, cuja manutenção é paga pelos impostos dos outros, é não ter preocupações com o condomínio, com o IMI, com SPREAD´S, com
taxas de juro, com declaração de IRS.
Qualidade de vida é ter tempo para levar os filhos à escola, é ter tempo para ir buscar os filhos à escola, é poder (não significa querer) ter todo o tempo do mundo para acarinhar, apoiar, educar e estar na companhia dos seus filhos.

Qualidade de vida é não correr o risco de chegar a casa irritado, porque o dia de trabalho não correu muito bem e por isso não ter a paciência necessária para apoiar os filhos nos trabalhos da escola.
Qualidade de vida é não ter que pagar 250€ de mensalidade de infantário, porque mais uma vez é pago pelos impostos dos outros.
Qualidade de vida, é ainda receber gratuitamente e pago com os impostos dos que trabalham o computador Magalhães que de seguida vai vender na feira de Custóias, é receber gratuitamente
todo o material didáctico necessário para o ano escolar dos seus filhos, e ainda achar que é pouco.
Qualidade de vida é ter as ditas instituições de solidariedade social, que se preocupam em angariar alimentos doados pelos que pagam impostos, para lhos levar a casa, porque, qualidade de vida é
também nem se quer se dar ao trabalho de os ir buscar.
Qualidade de vida é não ter preocupação nenhuma excepto, saber o dia em que chega o carteiro com o cheque do rendimento mínimo.
Qualidade de vida é poder sentar no sofá sempre que lhe apetece e dizer “ trabalhai otários, que eu preciso de ser sustentado”.
Qualidade de vida é não ter despesas quase nenhumas, e por isso ter mais dinheiro disponível durante o mês do que os tais otários que trabalham para ele.
Qualidade de vida é ainda ter tempo disponível para gamar uns auto-rádios, gamar uns carritos e aliviar umas residências desses otários que estão ocupados a trabalhar.
Qualidade de vida é ter tudo isto, e ainda ter uma cambada de hipócritas a defendê-los todos os dias nos tribunais, na televisão,
nos jornais.
Isto sim, isto é qualidade de vida.
Ass: um otário


 

Comments

Popular Posts