Moda Lisboa.


Man Repeller.
Nos últimos dias têm chovido posts sobre a Moda Lisboa na blogosfera portuguesa. Abre-se um, abre-se outro e são sempre imagens dos mesmos desfiles, das mesmas caras. Quando os vejo, não consigo evitar afastar do pensamento esta fotografia popularizada pela Leandra Medine quando da Semana da Moda em Nova Iorque. 

Depois, deparo-me com o chamado street style protagonizado pelas bloggers [desculpem o termo anglo-saxónico, mas "bloguista" rima com coisas feias] deste Portugal à beira-mar plantado. Três em cada cinco levam e bem identificada uma peça da Primark. Atenção, eu tenho muita coisa desta loja. Desde calças, a camisas passando por sapatos, toalhas de banho e pijamas. Visito-a poucas vezes porque prefiro trazer várias coisas ao mesmo tempo uma vez que não estou para enfrentar o mulherio descabelado lutando por tops a 1,5€ como se disso dependesse a minha sobrevivência. Mas também sei, porque sou consumidora, que a qualidade da Primark não é a melhor. Daí que seja tão barato... You get what you pay for... Também sei que a secção se sapatos e malas tresanda a plástico. As meias duram pouco, excepto os collants. Os turcos são bons e superiores aos que tenho do IKEA, mas os pijamas a 6€ não duram mais de dois invernos. Enfim, cada um faz as suas escolhas e compra onde bem lhe der na gana, quer porque tenha muito ou pouco dinheiro, ou porque o seu gosto aí o conduz.

O que me faz confusão (mas isso sou eu que só percebo de moda na óptica do consumidor, não tenho uma pós-graduação em estilo do ISEG ou do ISCAL ou lá o que é aquilo que me habilite a escrever livros a dar conselhos como os outros se devem vestir nem a acompanhá-los em incursões aos centros comerciais), é que estas opinion makers que aparecem em tudo o que é evento patrocinado, não percebam que a Primark é a antítese da Moda Lisboa. Nos desfiles de moda, criam-se novas tendências. Inova-se. Os materiais são de uma qualidade irrepreensível. Tenta-se produzir algo ainda não visto, romper com estatísticas e sair da zona de conforto. Nas Primarks desta vida compra-se por atacado na Turquia. Desgastam-se tendências. Usa-se e deita-se fora. Valerá mesmo a pena levar uma malinha da Primark a um evento como a Moda Lisboa só para dizer que investiu numa peça tendência a baixo preço? É que se estar na moda é encher tudo de tachas, então é impossível não o estar, uma vez que tudo quanto é loja está tipo coleira de pitbull! Não fará mais sentido, se estas bloggers pretendem ser a voz do que quer que seja, que não dispendam 10€ em 10 peças da Primark, para acabarem todas a usar o mesmo, antes de rumarem em direcção à Moda Lisboa? Porque não apostar em peças de qualidade e não em tendências chiclete e aproveitar para chamar a atenção para algo nunca visto e de bom gosto? Promover, por exemplo, o excelente calçado português num evento como este que porá (alguns) olhos internacionais em Portugal? Ou por exemplo, cultivar um estilo próprio e não um clone da vizinha do lado?

Se vão para a primeira fila munidas de máquinas fotográficas usando-as como se fosse mais um acessório, porque não aproveitam essa aparição para tirarem do armário os sapatos que não se descascam duas vezes depois de usados ou a clutch a tresandar a poliéster? Vá lá, de certeza que nos vossos armários encontram coisinhas de jeito. Se eu fosse ao evento, era o que faria. Mas lá está, se calhar sou eu que sou invejosa porque nenhuma marca me ofereceu bilhetes. Será que a Primark andava a distribuí-los e eu não soube?...

Uma excepção a tudo isto em terras lusas é, para mim, a Stylista. Sabendo do que fala, não cai no erro da maioria dos blogues que por aí existem aos pontapés de escarrapachar o lookbook inteiro da Zara nos respectivos blogues pouco depois deste sair. Estas meninas influenciam quem as lê, mas actualmente também fazem uma perninha aqui e ali, porque o desemprego actualmente é o que se sabe. Podem ver um exemplo do que me refiro na "Tentações", o suplemento da última revista "Sábado". Incomoda-me, porém, que certos conceitos básicos passem ao lado de tanta gente que é tida como entendida na matéria, a quem se dá tanto crédito muitas vezes injustificado e que acaba por ter um papel preponderante em vários aspectos.

Estas bloggers têm um papel importante nesta conjuntura económica actual porque estimulam o consumo. Nem vale a pena usar o argumento "roupa = futilidade" porque se há coisa  de que este país precisa para se levantar é que as pessoas consumam e o possam fazer, seja em sapatos ou em batatas fritas. São noções básicas de economia e marketing o que temos aqui. Mas, apesar disso, não poderiam deixar todos os blogues de publicar a mesma coisa?

Continuem a misturar fast fashion com alta costura, a fast do lado de quem a documenta, a alta do lado de quem a faz. Como vivemos num país livre e só lê quem quer, e eu não vim para aqui mandar umas indirectas para o ar a ver a quem servia a carapuça (é tão mais prático chamar os bois pelos nomes em vez de fazer guerrilha, não vos parece?...), vou ali fazer uma limpeza ao meu Google Reader e já volto.

Comments

  1. Aqui onde vivo não há Primark, mas, certa vez, entrei numa de uma cidade maiorzita que a minha. É que tinha MESMO curiosidade: não se falava de outra coisa por esses blogues fora. Arrastei a minha mãe comigo e ela estava estupefacta. E eu também! Tinha tudo tão pouca qualidade, que eu não entendi o motivo da rendição à marca. A loja tresandava a plástico, ainda por cima. Não comprei nada e vim-me embora, pronto.
    Ah! E eu sou adepta de coisas baratinhas!
    Por isso, finalmente vejo alguém que não sobrevaloriza a Primark! Thanx LE! :)

    xo

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sim, com as devidas ressalvas e contextualizada, a primark nao é o fim do mundo, mas esta longe de perfeição que muitos blogues parece que vêem nela.
      And you're welcome, MJ! Xx

      Delete
  2. Eu também odeio a pipoca.(lol)
    E nem sabia eu que a moda Lisboa aconteceu por estes dias, vê bem o impropério!!
    Eu acho, que já me disseram, que a Primarck é boa no dia que chega nova coleção/mais da nova coleção e nesse dia só! Que é quando aparecem os achados! E depois, hé, depois vale por um fiozito baratuxo ou outro e pouco mais, indeed. Eu ainda não comprovei a coisa, nem tenho paciência de ir lá nesse dia que dizem que faz fila!
    Mas agora nascem blogues de moda ao mesmo tempo que se dá um pontapé numa pedra e já não há pachorra! Eu gosto de comprar roupinha, sim, sou gaja, do mais gaja que há, mas valores mais altos se levantam na maior parte das vezes, e aquela gente complica-me com o sistema, pronto.

    ReplyDelete
  3. Eu também odeio a pipoca.(lol)
    E nem sabia eu que a moda Lisboa aconteceu por estes dias, vê bem o impropério!!
    Eu acho, que já me disseram, que a Primarck é boa no dia que chega nova coleção/mais da nova coleção e nesse dia só! Que é quando aparecem os achados! E depois, hé, depois vale por um fiozito baratuxo ou outro e pouco mais, indeed. Eu ainda não comprovei a coisa, nem tenho paciência de ir lá nesse dia que dizem que faz fila!
    Mas agora nascem blogues de moda ao mesmo tempo que se dá um pontapé numa pedra e já não há pachorra! Eu gosto de comprar roupinha, sim, sou gaja, do mais gaja que há, mas valores mais altos se levantam na maior parte das vezes, e aquela gente complica-me com o sistema, pronto.

    ReplyDelete
  4. Eu também odeio a pipoca. BAM!

    ReplyDelete
  5. Agora a sério, o que me disseram é que a primark é boa no dia em que chega a roupa e que chega a haver fila! É nesse dia que aparecem os achados, so it seems! Eu nunca lá fui nessas alturas, nem tenho pachorra, sou mais a minha stradivariuzinha e assim, que me enche as medidas:P

    (mas a cena da pipoca mantém-se!)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Lol! Eu nao odeio a pipoca, pelo contrario. Acho que ela é inteligente e escreve bem, com sentido de humor. Porém, cada vez tenho menos paciência para o que diz e para o que representa. Há bem piores do que ela e que no fundo querem, com meia dúzia de bitaites e roupa baratuxa (que a outra tb usa), falar do que nao sabem e serem a nova pipoca. Dá-se mt crédito e a quem nao merece, pelas piores razoes...
      Na primark ja encontrei coisa fixes em dias de semana, com paciência. Muita coisa nao presta, mas outras são do mesmo género da zara, stradivarius...

      Delete
  6. Epa, a pipoca não me fazia tanta mossa, até aparecer com a ideia de querer comprar um cãozinho, ao que eu, num post do FB lhe respondi que fosse antes adotar um ao canil, que existem imensos a precisar de famílias, bla bla bla...ao resposta que me deu foi tão estúpida, tão descontextualizada e desconhecedora da realidade que aí percebi, que afinal naquela cabecinha é só mesmo malas e sapatos...só tiririca mesmo! Mas escreve benzito (e é a única coisa boa que me vão ouvir dizer dela:P)

    E, cada vez que damos um pontapé numa pedra nasce um blog de (da!) moda, eu nunca achei muita piada!

    Mas ainda assim, acho as lojas da cadeia inditex com muito mais qualidade que a Primark, pelo menos em comparação com peças que comprei num e noutro lado;)

    ReplyDelete
  7. Opa, sempre que comento o teu blog, o primeiro comentário nunca aparece como a ter ficado para aprovação...ontem já era tardíssimo e pensei, pimba, outro que não ficou! E já não tive paciência para pensar em tudo o que tinha escrito! Afinal estava!

    Não era para escrever 2, pah! Não tou assim tão maluca:P

    ReplyDelete
    Replies
    1. Como os comentários são sempre um bocado diferentes, achei melhor publicar todos que era para tu não achares que não os lia! LOL! Mas não te rales que o primeiro tem ficado sempre guardado.
      Em relação à pipoca, também comecei a achar-lhe menos piadinha com esta história do cão. Tudo na vida dela tem de ser objecto de exposição e eventual publicidade! Se ela fizesse como o Markl (com o qual tb já simpatizei mais, mas de quem admiro a dedicação aos animais), adoptava um animal e com a projecção que tem, acabava por melhorar a vida de muitos mais. Eram as tias todas a adoptar cães e gatos zarolhos no canil da União Zoófila... Também lhe deixei um comentário, nem sei se foi publicado.
      Em relação aos blogues de moda, elas é que dizem que o são, mas serão mesmo? Percebem assim tanto para se darem a ares de grandes opinadoras ou limitam-se a escarrapachar os press releases que as marcas lhes enviam? Eu ando a apagar blogue atrás de blogue, já não aguento ler sempre as mesmas coisas, ver os mesmos eventos, as gajas sempre com um macaron na mão porque agora é o bolo da moda (dantes eram os cupcakes). Só mantenho alguns no feed por causa do passatempos porque ainda vou concorrendo a alguns. Deve ser a única contribuição útil que estas senhoras dão à minha vida actualmente...
      Sim, as camisas da Primark são de qualidade muito inferior às da Inditex (no geral), mas por exemplo as toalhas de banho, mas mantas e mesmo alguns algodões são fantásticos.
      Bjs

      Delete
  8. Olha, eu, que até gosto de andar atualizada, estou down para esse mulherio todo da moda: Nunca comi um macaron, não gosto de sushi e não utilizo o instagram. (falta-me alguma coisa da moda de hoje?!:P)

    Mas já não sei em que blog vi, e eu não tinha noçaõ(!!!), as convidadas da moda Lisboa...eu só lia "a fulana X do blog Y" e pensava que raio fizeram aquelas mocinhas para estar ali...? E, sinceramente, era com cada trambolho, em termos de outfit...eu não gosto muito de andar a fazer "pendant2, é certo, mas será que também está na moda o quanto mais coisas esquisitas vestires mais fashion te acharão?! Não percebo...

    P.S - E a pipoca queria o cãozinho para andar dentro da Louis Vuitton.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Boa sorte em meter um Jack Russell dentro de uma Louis Vuitton! Ahaha!
      Sim os inúmeros posts da moda Lisboa eram pouco mais do que publicidade gratuita entre blogues amigos e depois sempre as mesmas fotos do desfile. Enfim, cada um sabe de si. E fazes muito mal em não gostar de sushi, é a melhor comida do mundoooooooooooooo!

      Delete
  9. E eu adoro o Markl e a Ana Galvão. Fazia-lhes uma estátua, ftw:D

    ReplyDelete
  10. Li o artigo todo e os comentários, que riso!
    Alguns são blogs de moda outros são "ego blogs", daí que sejam desinteressantes.

    Quanto à Primark, em Portugal achava-a medíocre, mas desde que saí de Portugal acho que a Primark em Portugal um máximo de tão limpa, arrumada, organizada e civilizada. No Reino Unido até os funcionários andam ao pontapés à roupa, vai tudo pelo ar, é o faroeste.

    [Já agora, por curiosidade, quem é a pipoca do cão?]

    ReplyDelete
    Replies
    1. So fui à de Marble Arch e era realmente um caos! Tanta gente, tanta roupa! Até tentaram roubar o telemóvel do meu marido a porta, tal é o tipo de gente que frequenta essa primark...

      Delete
    2. Ca tentam passar todo o tipo de blogue por blogue de moda, desde que falem de roupas e sapatos, mas são mais umbigo-blogues... A pipoca é a autora so blogue mais popular em
      Portugal, a pipoca mais doce.

      Delete
    3. É sim o pânico a Primark no Reino Unido. Em contrapartida entrei numa em Dublin, que era a Chanel dos pobres. Muito arrumada e com bom aspecto! :)

      Ahh, já ouvi falar da pipoca mais doce mas não tinha associado. Obrigado!

      Delete

Post a Comment

Popular Posts