Prémio Liebster


A MJ, que é uma querida, presenteou-me com o Prémio Liebster, destinado a blogues com menos de 200 seguidores, com o objectivo de premiar a amabilidade, gentileza, beleza, simpatia do blogue (e blogger), bem como dar-lhe as boas vindas. Tenho a certeza que, como pessoa, seria um pouco difícil andar com um crachá destes ao peito, apenas porque ninguém mo daria, mas na qualidade de "blogger", fico honrada com a distinção. É engraçado ver como um pequeno espaço como este blogue, com menos de 3 meses e apenas 7 seguidores, foi alcançando um papel cada vez mais relevante na minha vida. Fico contente que essa importância me transcenda e toque outras pessoas, que se dão ao trabalho de o visitar diariamente, de comentar, de preencher a minha vida. Assim, vou responder às questões colocadas pela MJ e seguidamente vou nomear outros blogues para que o prémio Liebster continue a dar a volta ao mundo... ou lá o que é que ele anda a fazer.

  1. Uma recordação - todas as recordações que guardo antes dos 10 anos, partilhadas com a minha Avó 
  2. Uma música - Sweet Home Alabama dos Lynyrd Skynyrd
  3. Um lugar - a minha casa de família nas Caldas da Rainha, que tem a vista mais bonita do mundo
  4. Um filme - Philadelphia
  5. Um livro - Vita: Life in a Zone of Social Abandonment do antropólogo brasileiro João Biehl. É dos meus livros favoritos porque, apesar de ser uma etnografia, está escrito como um policial. Li-o num fim de semana quando estava a fazer o mestrado e desde então, não o larguei. Nem o empresto a ninguém. Ganhou alguns dos mais importantes prémios em Antropologia e é a obra que mais influencia a minha tese de doutoramento. Um dos meus grandes sonhos é conhecer o João Biehl para lhe dizer que me inspira a ser um décimo do antropólogo que ele é.
  6. Um doce - a sério?... um só?... ok, então scones-tudo-o-que-esteja-barrado-com-nutella-bolo-de-iogurte-brownies-cheesecake-panquecas-crepes-sundae-de-chocolate.
  7. Um sonho - para além de conhecer o João Biehl?... Gostava que não houvesse nenhum animal abandonado, a passar fome e frio por esse mundo fora... e se não for pedir muito, queria uma bolsa de pós-doc longe daqui. Já pedi três desejos, não foi? Não deve haver problema, isto é tipo a lâmpada do Aladino!...
  8. Uma rotina - abrir de manhã a porta do quarto e encontrar o Forlán à minha espera (sai disparado do sofá mal me ouve puxar o estore), o qual salta para cima da cama para a sua dose matinal de festinhas e ronrons
  9. Um poeta - Cesário Verde
  10. Uma personalidade - a minha (looooool)
  11. Uma época da História - os primeiros 50 anos do séc. XX (devem ter sido bombásticos, especialmente no Japão...)
Seguidamente os blogues que deverão continuar esta saga, são: 


Não faz muito sentido para mim colocar aqui 11 blogues só porque sim, embora siga vários. Só registo as visualizações, mas não sei quem está desse lado. Ficam então aqui 9 blogues com os quais me identifico. No entanto, sintam-se livres de levar para os vossos este prémio se o desejarem e de se fazerem ouvir por aqui também! ;)
  

Comments

  1. Obrigado pela nomeação. Já respondi ao desafio.

    ReplyDelete
  2. Abaixo a nuttela. Viva o tulicreme! Provei no outro dia o actual tulicreme e foi uma decepção.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada, já vi! Deves andar a cheirar muito éter no hospital, que já estás a ficar com as ideias trocadas... ONDE É QUE TULICREME É MELHOR DO QUE NUTELLA?!

      Delete
  3. Obrigadaaaaaaaaa!!!! Vou tentar responder com muita calma e ponderação. Confesso que estou um bocadinho emocionada.

    ReplyDelete
  4. Ena pá, tanto prémio... devia jogar no euromilhões :P
    Obrigado!

    Ah... e viva a Nutella!

    ReplyDelete
  5. @ Team Nutella: de nada! aguardo as vossas respostas! e obrigada pelo prémio que me deste também, marisa! bjs **

    ReplyDelete
  6. Amantes de Nutella, não me condenem já à fogueira! O Tulicreme há uns 20 anos sabia muito bem. Lembro-me, nessa altura, que alguém me comprou Nutella por engano. Não gostei.
    Há poucos anos voltei a provar Tulicreme. Foi uma desilusão.
    Hoje também como Nutella, principalmente em croisssants. De preferência se estes forem da Mimosa. No entanto, fiquei sempre com a memória daquele Tulicreme.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Chama-se memória selectiva. Acredita, o Tulicreme nunca foi melhor do que a Nutella e tu estás confundidíssimo!! :p

      Delete

Post a Comment

Popular Posts