Num mundo ideal...

- Boa tarde, fala do atendimento ao cliente da ZON, em que posso ser útil?

-  Boa tarde, eu gostaria de adquirir um pacote com os vossos serviços de televisão, telefone e internet.

- Com certeza. Podemos agendar a instalação da televisão e do telefone em sua casa para amanhã à tarde. No entanto, em relação à internet, preciso primeiro de lhe fazer um curto questionário para saber se tem perfil para este serviço.

- Como assim, se tenho perfil para este serviço?!

- Lamentamos, mas é a política da empresa. Devido a um tratamento abusivo, actualmente vemo-nos obrigados a realizar uma triagem antes de conectarmos novos clientes à rede.

- Ok, diga lá então...

- Se tiver ligação à internet, pretende criar um blogue?

- Ahn... provavelmente, todas as minhas amigas têm um...

- Certo. E nesse caso, o seu blogue tratará sobre que tipo de assuntos?

- Ainda não estou certa... Provavelmente falarei das coisas do meu dia a dia, da roupa que vou comprando, das inquietações que me surgem, dos disparates do meu homem...

- Muito bem. E pensa criar esse referido blogue já com o objectivo de fazer disso uma carreira, com muitos giveaways e pedidos de likes na página do facebook? Eventualmente escrever livros e receber pacotes de gelatina Royal em casa em troca de umas palavras simpáticas?

- Talvez, é uma maneira de aumentar a minha audiência... Não sei o que sinto acerca da gelatina Royal, sou mais consumidora de marcas brancas.

- E pretende fotografar todo o sushi que come?

- Sim, gosto muito de sushi, quem não gosta? Ou isso ou carapaus laminados.

- E qual a sua opinião acerca de macarons e cupcakes servidos juntamente com cocktails coloridos em apresentações de novas linhas de maquilhagem?

- Não tenho nada contra. Aliás, com a fome com que ando ultimamente, todas as borlas são bem vindas.

- E com que frequência pensa deixar comentários nos blogues de outras pessoas, como se de spam se tratasse? É que é importante ter uma vida para além da blogoesfera.

- O mais possível, um dos meus objectivos de vida é estar em todo o lado ao mesmo tempo.

- E qual a sua posição acerca dos comentários anónimos?

- Se for para dizer bem, identifico-me e pode ser que os outros gostem e consiga mais visualizações diárias no meu blogue. Se for para criticar e despejar as minhas frustrações por não ter dinheiro para comprar uns sapatos iguais, aí insulto anonimamente.

- E quantas vezes veremos no seu blogue, por semana, publicidade ao Clube Fashion e à Spartoo?

- Já redigi no word os meus pedidos de parcerias todos, só aguardo a ligação à internet para os enviar.

- Na sua página de facebook os domingos à noite serão dedicados a comentários à Casa dos Segredos, certo?

- Claro, já nos juntamos cá em casa com os vizinhos do 2º frente para ver. O Zé traz as minis, a Maria os rissóis de camarão e vamos comentando senão no dia seguinte não apanhamos as conversas dos outros. Se o fizesse na página do face era como se tivesse muitos mais vizinhos e amigos. Se as pessoas fazem like, é porque gostam mesmo de mim, não é? 

- E vai relembrar os seus leitores pelo menos meia hora antes de começarem os episódios de Revenge na Fox Life?

- Claro!

- E já agora, sabe a diferença entre ser brejeira e ter sentido de humor? E ser uma cabra ou não dizer tudo o que lhe passa pela cabeça?

- Não entendi essas palavras todas. Só cabra e brejeira.

- Em relação a opiniões políticas, está capaz de publicar fotografias em directo no seu instagram de manifestações, cartazes e eventos políticos a que irá? E de partilhar, ao estilo copy-paste, o que os outros acham e dizem, independentemente deles não reflectirem aprofundamente sobre as suas próprias opiniões? Esta pergunta tem rasteira, atenção: é importante que se queixe da crise directamente a partir do seu aparelho da Apple!

- Sim, já fiz essa pós-graduação com várias bloggers da moda: "Opiniões políticas e sapatos: usamos tod@s os mesmos".

- E por último, a questão mais importante e que determinará o resultado desta avaliação. Algo que está no cerne de todas as preocupações relativas ao uso abusivo da internet. Sabe a diferença na utilização de "à" e "há"?

- AHHHHHHHHHHHH....

- Vamos então enviar o seu inquérito para o departamento de qualidade e dentro em breve terá notícias nossas. Vá verificando o seu email.

- Ok. Obrigada. Acho que até me saí bem...


Comments

  1. Num mundo ideal... Lol... Beijinhos*

    ReplyDelete
  2. Ahahahahahahahahahahahah
    Muito bom mesmo!

    ReplyDelete
  3. http://www.urbandictionary.com/define.php?term=lulz

    :P

    ReplyDelete
    Replies
    1. Ahhhhhh! As coisas que eu aprendo ctg, mulher!

      Delete
  4. Estava a ver uns blogs, vejo este, que acho bastante engraçado, e deparo-me com este post muito curioso. Diria que é uma ironia e sarcasmo direto ou indireto, a um famoso blog que por aí anda ;)

    http://from-pot-to-the-heart.blogspot.com

    ReplyDelete
    Replies
    1. olá marlene! obrigada pelo teu comentário. no entanto, este post não é dirigido a ninguém em particular, muito pelo contrário. há vários "alvos", por assim dizer. ;)

      Delete
  5. A-D-O-R-E-I! Simplesmente adorei!!! É a primeira vez que vejo e comento mas era incapaz de não o fazer quando se lê um texto destes tão bem construído e inteligente! Parabéns :)). Pensa em escrever o livro!! Ahahahah :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. obrigada! desculpa, esqueci-me de responder logo ao teu comentário e depois passou-me.
      um beijinho e volta sempre

      Delete
  6. LOL! Só faltou:
    - E pretende fotografar os seus modelitos com o telemóvel tendo por cenário o seu WC ou a varanda lá de casa?
    - Pretende usar muitas expressões estrangeiras para palavras perfeitamente correntes no português, como "trend", "burgundy" ou "pumps"?

    ReplyDelete
    Replies
    1. agora há uma nova para bordeaux: oxblood!

      Delete

Post a Comment

Popular Posts