Defesa da tese II - The Revenge!

Lembram-se disto? Pronto, ontem estive de volta ao Instituto Superior de Ciências do Trabalho e dos Estúpidos onde quis o destino que me matriculasse no Programa Doutoral. Desta, e pela segunda vez, fui assistir à defesa da tese de mestrado de uma amiga e colega de uma pós-graduação que por lá frequentei também (de uma qualidade francamente superior à do Doutoramento, mas com inúmeras falhas também - sim, eu sou uma pessoa exigente com a Educação, é isso que nos separa das bestas). Curiosamente, o orientador de mestrado desta amiga era o mesmo da anterior. Ambas se queixaram inúmeras vezes da falta de acompanhamento, do desinteresse crónico, de um gritante pouco profissionalismo. Ainda assim, o resultado final para ambas diferiu bastante.
Conhecemos este orientador na referida pós-graduação. Mal ele entrou na sala, o mulherio ficou de olho bem aberto. Aquela conversa intelectual, o sotaque italiano e o ar de ser o irmão perdido dos Beatles arrebatou o coração das alunas. O seu activismo político assentava-lhe tão bem como as roupas em segunda mão. De tal modo foi o impacto que duas delas, aquando da inscrição no mestrado, o escolheram para orientador. Nada de novo aqui, o senhor parecia formado em todos os temas e mais alguns. Mal começou a orientação propriamente dita, o professor zarpou da costa e deixou-as de mãos a abanar em diferentes e diversas ocasiões.
Ontem revelou mais um pouco da sua falta de personalidade e profissionalismo. Embora na altura da defesa  de mestrado da primeira orientanda se tenha escondido por detrás das críticas muito bem formuladas pela arguente, não defendendo o trabalho da sua aluna como seria de esperar e tentando que a sua falta de investimento não fosse demasiado evidente nas críticas apontadas à I., ontem encostou-se aos elogios. O que diferia? O arguente. Neste caso, o arguente parecia muito pouco investido na sua função. Elogiou largamente a tese de mestrado, sem identificar claramente os pontos altos e positivos, ignorando os negativos. Uma leitura mais aprofundada teria originado nem que fosse uma observação pertinente, não há teses de mestrado perfeitas. Mas há professores mal pagos, arguentes desinvestidos e orientadores oportunistas. Então, o arguente não arguiu, o orientador não defendeu, mas encostou-se aos elogios e elogiou também. E a minha amiga saiu de lá com um 18. Na plateia, ao meu lado, a minha colega da tese anterior. Pior do que engolir um sapo é, sem dúvida alguma, engolir dois. Não tirando o mérito à minha amiga que acrescentou um 18 ao seu currículo e que investiu bastante no seu mestrado, não fiquei com a sensação que fosse uma corrida justa. É como se uma corresse com muletas e a outra com ténis da Nike. Porquê tanta subjectividade e ambiguidade nas Ciências Sociais e no Ensino Superior no geral?...
Vou trabalhar na minha tese e esperar que me calhe um arguente profissional (curiosamente este era o ex-marido da minha orientadora...), que a minha orientadora também o seja e que o panorama do ensino superior mude. Assim, não formamos ninguém. Apenas saímos de lá deformados.


Comments

  1. Clap, clap, clap!
    O que descreveste é precisamente o que tenho visto por aí!
    Brilhante!

    ReplyDelete
    Replies
    1. obrigada, mas preferia 1000 vezes não ter razão. e se há mais por aí no mesmo registo, fico ainda mais preocupada...

      Delete
  2. Eu também andei no ISCTE e também apanhei umas alminhas dessas ou que simpatizavam mais com uns do que outros!
    Já agora, posso saber qual é o teu curso?

    ReplyDelete
    Replies
    1. acho que não é um problema apenas do iscte, infelizmente. eu estou a fazer o doutoramento em antropologia por lá!

      Delete
    2. Eu tirei a minha licenciatura e o mestrado lá em sociologia.
      Respondo-te já em relação à tua questão: A loja chama-se Algifa, se fores de Lisboa há no Colombo (ou havia).

      Delete
    3. ah, então percebes os dramas de que falo. sociologia é quase o mesmo circo... já sei qual é a loja, não sei é se ainda estará aberta por lá. obrigada!

      Delete

Post a Comment

Popular Posts