instagrams da semana




Fudge you!
À segunda fiquei rendida. Da primeira vez experimentei a empada de legumes e não me convenceu, mas desta última, por aproximadamente 7€ tive direito a uma empada de galinha thai com tomate assado e legumes salteados acompanhada de uma limonada do H3.

Nood take-out através do No Menu. Uma hora e um quarto parece-me um bocado para entregar comida em casa e ainda por cima não trazem o meu favorito: ramen, a sopa japonesa.


Etiquetas para os cabazes de Natal.

A Punchline estava com uma oferta muito engraçada, onde através do seu facebook escolhíamos um dos seus postais de Natal e eles enviavam gratuitamente. Eu enviei este para o meu marido! Calhou ele receber o postal à minha frente e partiu-se a rir! ;)

As minhas prendas de Natal de mim para mim (na árvore e já embrulhados, ficaram dos gatinhos para mim).

Em busca do melhor hamburguer gourmet de Lisboa. Aqui, no Honorato. Achei um bocado sobrevalorizado (está na moda...), com algumas falhas básicas, mas ao menos serviram-nos rapidamente e o hamburguer era bom. Enquanto aguardam pela minha review, têm aqui a do Spike.
O fudge já embalado e etiquetado com destino aos cabazes de Natal. Provavelmente, das melhores receitas que já fiz e experimentei. Ou como disse o P. e a minha irmã M., "isto é demasiado bom!".

O colo da mãe é o melhor do mundo!

Tentativa e erro. Queria experimentar o glacé antes de fazer as bolachas de Natal e com clara de ovo não correu nada bem. A solução vencedora: um bocadinho de água, algumas gotas de limão, corante e muito açúcar em pó!!!

A abertura do franchising Roscoking de donuts na baixa lisboeta deixa muito a desejar. Tinha pouca variedade (tanto recheados como cobertos), os bolos não eram nada por aí além e pior: não havia os buracos de donuts! Ou seja, gamaram a melhor parte do bolo! :p Acabei por ir para um donut com glacé, o básico, e sinceramente não o achei muito superior ao que se compra nos supermercados. Além disso, bastante mais caro... E olhem que eu adoro donuts! A minha imagem de perfil foi tirada num Dunkin' Donuts (embora não dê para perceber, pelo que vão ter de se fiar na minha palavra).

Quando falei de quanto gostei do brunch do The Decadente à minha orientadora, ela disse-me que fosse experimentar o do Pão de Canela (sim, nós não falamos só de Antropologia...). Fiquei rendida, é claramente superior e continuo a achar o do The Decadente muito bom. Era comida que nunca mais acabava, num espaço lindíssimo como a Praça das Flores e o preço muito convidativo (cerca de 13€ por pessoa).
As férias do P. em Lisboa obrigaram-me a um aporte calórico superior à média a dias do Natal, pelo que tive de compensar nas idas ao ginásio, ou corria o risco de 1) não caber no vestido para o fim de ano; 2) tornar-me num paquiderme.

Comments

  1. So vejo comidinha boa:))

    Http://styleloveandsushi.blogspot.com

    ReplyDelete
  2. O que é aquilo na 1ª imagem? Receita JÁ!
    Olha, o meu pai também tem sempre uma prenda "de mim para mim" :DD tolinhos!! :D

    ReplyDelete
  3. A receita está no link da foto com o fudge já embrulhado. Tu, que és gulosa, vais adorar! Tens é de cozinhar bem como diz na receita para solidificar. O meu pai tb tem sempre uma prenda dele para ele, mas eu estreei-me este ano e safei-me com a desculpa dos gatinhos! :p

    ReplyDelete
    Replies
    1. No link da foto? Não está link nenhum. Ou então sou cegueta, que também é possível ;)

      Delete
    2. Sim, na foto onde o fudge ja está embrulhado para os cabazes tem um link para a receita. Pões as lunetas mulher!

      Delete

Post a Comment

Popular Posts