Um dos meus objectivos profissionais...

... eu gostaria de dizer para 2013, mas com esta coisa da crise, de não termos futuro, subsídios (desta não me queixo eu porque ao contrário de muita gente, vou chegar aos 30 sem nunca ter recebido um único centavo de subsídio de natal, férias, desemprego...) e tristezas que tais, já sei que não vou conseguir alcançar este sonho no próximo ano. Além disso, tenho outros objectivos profissionais: dar a voz a um desenho animado (de preferência da Disney) e responder ao correio sentimental de uma revista. Deve dar um gozo tremendo ser a voz por trás de uma animação, ajudar a dar vida a uma personagem, usar aqueles auriculares enormes e gesticular muito atrás de um guião, como vemos nos making-offs os grandes actores de Hollywood fazer, ignorando a câmera presente na sala. Por outro lado, adorava mandar uma série de bitaites às almas perdidas, mesmo não sendo uma profissional qualificada, mas uma voz amiga cheia de bom senso e conselhos sábios. A minha secção favorita da Super Jovem era mesmo aquela em que as cartas dos leitores eram respondidas. Adolescentes perdidos num mar de sebo, hormonas saltitantes e dúvidas existenciais recorriam a um "Doutor" qualquer que os aconselhava a ser bons para os irmãos mais novos, a não deixar sopa no prato (naquela altura não havia anorexia, os putos não gostavam era de legumes) e a não espremer borbulhas. Subrepticiamente também nos aconselhavam a guardar o nosso bem mais precioso até à noite de núpcias e a apoiar a música nacional. Oh, o que eu não daria para ter este tipo de poder sobre a vida dos outros...
Para além destes objectivos profissionais há outro que gostava muito de cumprir. Não precisa de ser para já, como disse. Outros valores se levantam. Mas nem que fosse por um dia, gostaria imenso de ser crítica de cinema do Público, sair de uma sala depois de ver um filme que toda a gente adorou, sacar do meu portátil e dali mesmo enviar esta linha para a redacção: "este filme é cócó". Zero estrelas.

Comments

  1. Hummm eu também tenho assim um par de sonhos que gostava de realizar:
    1. provar e deixar críticas numa revista sobre comida, restaurantes, etc (gostava mesmo, não estou a brincar)
    2. experimentar uma noite em hóteis novinhos em folha e fazer um relatório para uma agência qualquer de estudos de mercado (como fazem por exemplo com aquela malta que experimenta jogos de computador)
    E acho que tenho outros mais assim.
    xx

    ReplyDelete
    Replies
    1. esses tb não eram mal pensados, digo-te já...

      Delete
  2. Escrever para o Diário para Ela da Maria devia ser um marco na vida de todas as mulheres. É uma grande prova de maturidade.

    ReplyDelete
    Replies
    1. nunca pensei na perspectiva de escrever "para" mas "de". seja como for, não me ocorreu a "maria". desde que uma vez vi lá um a dizer que tinha posto o dedo no rabo e não sabia se estaria grávido, fiquei abismada com o excesso de informação numa pequena coluna. acho que não estou à altura desse tipo de apoio psicológico.

      Delete

Post a Comment

Popular Posts