Meatless Monday #2


E continuamos cá por casa a evitar a carne e o peixe à segunda-feira. Como queria fazer empadas mas não tinha a receita da massa caseira (esta é para ti, MJ!), pesquisei neste grande livro de receitas que é a internet e descobri uma versão de empadas com legumes e soja. Devo dizer-vos que ficaram espectaculares, mas eu sou suspeita. O P. disse que não foram as empadas que lhe souberam melhor porque... não tinham galinha. Mas pronto, quanto a isso pouco posso fazer porque à segunda-feira as regras já estão definidas! Cá está a minha versão da receita inspirada aqui e que sofreu poucas alterações.

~ Ingredientes ~

Massa
100 g de farinha de trigo integral
200 g de farinha de trigo T65
80 g de Becel líquida
1 ovo
1 pitada de sal 
1 gema para pincelar
leite qb (o suficiente para "prender" a massa)
sementes de sésamo para decorar
Recheio
50 g de granulado de soja fino
um fio de azeite para refogar
1 talo de aipo
1 alho francês
1 cenoura
1 dente de alho
1/2 cebola roxa 
1 malagueta
1 dl de polpa de tomate
vinho branco
molho de soja qb
1/2 cubo vegetal
Demolha-se primeiro o granulado de soja em água quente com meio cubo vegetal durante cerca de 20m. Refoga-se o alho com a malagueta e a cebola. Acrescenta-se o aipo e o alho francês cortados em rodelas e a cenoura ralada. Junta-se a soja granulada e deixa-se estufar alguns minutos. Adiciona-se a polpa de tomate e o vinho branco e tempera-se com o molho de soja. Atenção para não ficar muito salgado! 
Para fazer a massa, juntam-se todos os ingrediente e no final o leite para que estes liguem. Adicionar apenas o suficiente para fazer uma massa maleável. Deixa-se repousar a massa cerca de 15m e depois fazer as empadas, cortando um círculo grande com a ajuda de um copo, moldando nas formas e depois tapando com outro círculo. Depois de recheadas as empadas, pincelar com a gema batida e polvilhar com sementes de sésamo. Levar ao forno a 180º cerca de 20m.


Comments

  1. Infelizmente ainda não podemos saborear pela net mas que o aspecto cativa é verdade. Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. se pudesse enviava-te umas em email por attachment! ;)

      Delete
  2. Mas que belas, hein? Só não me convences com a massa, embora imagine que fique MUITO melhor do que comprada. Eu é que sou preguiçosa, mesmo. Por isso vou esperar pelas da sogras que também são caseirinhas como as tuas. Yumiii

    ReplyDelete
    Replies
    1. se a minha sogra fosse tão prendada como a tua, fazia empadas recheadas de veneno e enviava para mim...

      Delete
  3. uau! nunca experimentei fazer empadas mas vou realmente pensar sobre o assunto depois deste post!

    ReplyDelete
    Replies
    1. também foi a minha primeira vez e correu bem!

      Delete
  4. Como eu gosto de ler novas receitas :) Mais uma para experimentar xD

    ReplyDelete
    Replies
    1. Tenho mais umas quantas para esta semana!

      Delete
  5. Esqueci-me de te responder na outra segunda, a qualidade dos amino ácidos presentes na soja é pior do que os presentes na proteínas de origem animal.

    Claro, que não comer carne/peixe (proteína animal) um dia por semana não faz mal nenhum.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada. E então como se consegue colmatar essa carência? Ou é desaconselhada qualquer dieta sem proteína animal? É que as opiniões de médicos e nutricionistas divergem sempre. Em relação ao ferro, consigo ir buscá-lo aos espinafres, mas seja como for acho que nunca serei vegetariana.

      Delete
    2. Desaconselhada qualquer dieta sem proteína animal.

      Delete
    3. Os vegetarianos devem adorar-te! ;)

      Delete
    4. xD Limito-me à evidência científica, cada um que faça o que entender. Já tive imensas discusões, estou farto.

      Uma engraçada, que tive com uma "vegetariana". Disse que era saudável, que não precisava de carne para nada. Eu pedi-lhe para mostrar as últimas análises que tinha feito... Resultado: anemia por carência de ferro, défice de hormonas da tiróide, colesterol elevado(???), etc.... R(ecomendei que fosse visitar o médico assistente e que reflectisse bem sobre o que precisava de comer. O pior é que impunha os filhos menores, a mesma dieta. Os miúdos têm baixa estatura, palitos e têm um aspecto doentio).

      Fazer uma dieta 100% vegetariana é possível, atenção! Mas envolve gastos absurdos em vitaminas e suplementos. Além disso, será necessário comer quilos e quilos de verduras, hortaliças e afins, para igualar refeições completas com proteínas de origem animal.

      Por isso, o truque é comer de tudo, em pequena quantidade.

      Delete
    5. Acho que os vegetarianos cometem um grande erro que é substituir a carne por hidratos de carbono. Vai daí engordam imenso e não colmatam as carências. Contra factos nao há argumentos e nesse caso a tua amiga estava claramente a ir pelo caminho errado. No entanto há aqui uma questao que nao deixa de me incomodar, porque me faz confusão que um animal tenha de morrer para que eu me possa alimentar. Eu sei que somos omnívoros e se temos caninos por alguma razão é, mas tambem somos seres racionais e emocionais. Assim sendo, prefiro cortar ao máximo a carne, como peixe porque nao me parece tao semelhante e compenso com vegetais. Já entrar em fundamentalismos é que não...

      Delete
    6. O colesterol elevado devia ser do excesso de ovos e queijo, provavelmente... Ou ela nem derivados comia?

      Delete
    7. Tens razão quanto aos Hidratos de carbono!

      Pequena provocação: os peixes também morrem asfixiados, sem oxigénio.

      E como omnivoros, não estamos adaptados a uma dieta estritamente vegetariana. Temos uma reminiscência dessa evolução, o apêndice.

      Disse colesterol? Queria dizer triglicéridos. Estes provêm dos hidratos de carbono que são armazenados como lípidos.

      O colesterol é essencial para o nosso organismo, ao contrário do que se possa pensar (hormonas, membranas celulares, mecanismos celulares, transporte, etc). No entanto, alguns tipos moléculas formadas por colesterol são, em quantidades elevadas, prejudiciais (o famoso LDL, por exemplo). Infelizmente, a maior parte do colesterol que temos, é o nosso organismo que o produz. Por isso a dieta e mesmo os fármacos são insuficientes para biaxar os seus níveis. Podes comer ovos, que não é por aí. Os queijos, são gorduras saturadas = triglicéridos.

      PS: qualquer dia venho para aqui escrever um livro. ;)

      Delete
    8. Força! Eu sempre vou aprendendo algumas coisas e como tenho o mau colesterol alto por melhor que coma (embora tambem nao seja nenhuma santa), ate me da jeito. Ja os meus triglicéridos são quase invisíveis. A minha médica, no entanto, disse-me para cortar no queijo e na carne vermelha, mas para comer mais legumes. Disseste livro? Acho que querias dizer consultas! ;)
      Claro que os peixes tb sofrem e sentem, mas desde que nao os veja de olhos esbugalhados no expositor, nao me fazem tanta confusão. Alem disso no meu imaginário relaciono-os com alimentos mais saudáveis, pelo que nao me incomodam tanto.

      Delete
  6. Gosto muito de empadas! Estas de soja parecem-me lindamente. :-)

    ReplyDelete

Post a Comment

Popular Posts