Peisheirada, Tasca de Sushi.




Sushi era todos os dias, certo? Ao almoço, ao jantar, com sashimi, de fusão ou tradicional. Os restaurantes de sushi de há uns anos para cá proliferam em Lisboa. Dos mais baratos aos mais caros, com mais ou menos arroz, mais ou menos achinesados, há de tudo. O conceito, para vigorar, tem de se renovar e foi com essa ideia em mente que surgiu a Peisheirada, Tasca de Sushi. A fusão acontece não apenas entre a tradição portuguesa que podemos encontrar nos azulejos rabiscados nas paredes com pregões, mas nota-se uma franca influência brasileira no sushi japonês. Muito internacional, não?


Vamos então começar pelos pontos fracos, para acabarmos em grande. É inadmissível que não tenham multibanco. O estacionamento é escasso na zona do Rato (já perdi a conta às vezes em que voltámos atrás porque não encontrámos lugar para deixar o carro nas imediações). A refeição é cara. Eu sei que sushi é caro, que a qualidade se paga... mas este sushi é caro. É original, é divertido, mas é caro. Peguemos neste exemplo: jantámos o comb 2. Duas sopas miso, 30 peças de sushi de fusão, 8 de sashimi, acrescentámos-lhe duas caipirinhas e uma garrafa de água pequena. 59€! A quantidade é fixa, não nos perdemos em entradas e nem provámos a sobremesa (também são tão poucas... apenas há gelado, fruta da época e um crepe com chocolate...). Para além de que o sushi servido é frequentemente semelhante, misturando molhos e patês que o sobrecarregam e facilmente enjoam. E como sei isto? Porque já lá fui várias vezes. Porque apesar do preço, de não gostar de jantar sozinha numa sala (era meio da semana, atenção...), que da primeira vez em que encomendámos o take away tenhamos pago pelas sopas e elas não tenham vindo juntamente com o sushi (um problema de tupperwares que aparentemente já foi resolvido mas que me deixou um sabor amargo na boca)... apesar disso tudo, continua a ser um óptimo sushi, diferente, original e, acima de tudo, muito muito muito fresco.


Para compensar, ao almoço têm buffet de sushi à descrição com preços bastante mais simpáticos, mas com menos variedade. E acrescento ainda que a sopa de miso tem uma mais valia: não é extremamente salgada, um pecado que muitos restaurantes de sushi por aí insistem em cometer. Não me lembro é de lá ter visto tofu a boiar juntamente com as algas...



Peisheirada, Tasca de Sushi
Calçada Bento Rocha Cabral
n.º 4, Lisboa
aproximadamente 30€/pax


Comments

  1. Replies
    1. então tens de ir já tratar disso, pi maria!!!

      Delete
  2. Também acho caro... sou fanática por sushi e sei que realmente a qualidade paga-se. No Brasil sofri horrores porque, com os preços exorbitantes, em um ano e meio consigo contar com os dedos de uma mão quantas vezes comi no sushi, enquanto que aqui em Portugal costumo comer no mínimo uma vez por semana. Mas lá era quase impossível, chegámos a pagar 400 reais num jantar a três - tendo em conta que o salário mínimo no Brasil é 600 e pouco, imagina!
    Aqui em Portugal... o melhor sushi que já comi foi em Santos, no Estado Líquido Sushi Lounge, mas foi caro. Entradas, um combinado e uma garrafa de vinho saíram a setenta e alguns euros. Por isso mesmo tenho um restaurante de sushi nos favoritos, fica em Cascais e chama-se Lucullus. A qualidade é maravilhosa e paga-se 17,90 para se comer à vontade. Também não é propriamente "barato" mas como posso comer 60 peças de sushi se me apetecer eu acho sempre que compensa mais do que qualquer outro restaurante. Também têm a hipótese de combinados, mas aqui a gulosa vai ser para a descrição...

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada pelas dicas, Mary! Ao Lucullus já fui mas há anos e só havia pizza. Hei-de lá voltar pelo sushi. Quando queremos comer à discrição vamos ao Sushi Fashion (procura na net que têm outros restaurantes com o mesmo conceito noutros sítios, pode ser que encontres um que seja mais perto). Tem sushi de fusão e sashimi nos dias do "all you can eat". Já fui ao Estado Líquido e achei realmente bom mas muitíssimo caro.

      Delete
  3. eu também comia sushi todos os dias, aqui no Porto ainda não há nenhuma tasca de sushi...mas parece-me uma boa ideia:)

    ReplyDelete

Post a Comment

Popular Posts