Salada de cuscuz.



O fim de semana foi de loucos. Começou ainda antes de começar, logo na sexta-feira à noite quando nos dirigimos ao IKEA com a ideia de comprarmos floreiras. Não havia. Mas havia uma panóplia de coisas que vieram parar ao nosso carrinho. Entre elas contava-se uma espreguiçadeira, algo que namorávamos há imenso tempo, mas cujo preço proibitivo nos levou a adiar a compra... até sexta-feira! Comprámos uma espreguiçadeira mais barata e pusemos-lhe em cima uma almofada que praticamente a transforma numa confortável cama exterior. Quase. Agora tenho de lá voltar para comprar uma almofada!

No dia seguinte fomos buscar o bendito cabaz PROVE e ainda passámos pela loja de produtos biológicos Miosótis que a minha amiga Mafalda me recomendou e que eu vos recomendo também. O que o cabaz não trazia, em termos de legumes, a Miosótis tinha. E muito mais! Quinoa, amêndoas, millet ao quilo, leite de arroz, flocos de aveia, farinha de espelta, entre muitas mais coisas voaram para o cesto. Estava com receio da conta, mas pude comprovar que não pratica preços abusadores. De todo!

Demos umas voltas pelo centro de Lisboa sob um sol abrasador, despachando recados e riscando tarefas. Pelo caminho descobrimos um restaurante muito agradável, onde a paixão pelas bicicletas se conjuga com um simpático espaço: o Velocité Café. Porém, depois destas voltas todas, ainda não estávamos suficientemente cansados, demos um salto ao Leroy Merlin para comprar as ditas floreiras e, como se não bastasse, ainda voltámos à tarde ao IKEA à procura do chão tipo deck para colocar na varanda. Ainda não foi desta que o adquirimos, ou saíamos de lá com uma conta astronómica tendo em conta a quantidade que precisamos para cobrir o chão da varanda. E depois só tivemos de arrumar tudo quando chegámos a casa e de montar uma espécie de sebes que comprámos para disfarçar a rede que mandámos colocar há meses atrás - na altura em que o Forlán começou a explorar a varanda do lado... Além disso esta protecção protege-nos da visão dos meus novos vizinhos, que tiveram a admirável ideia de colocar o vidro da janela em frente ao duche e que nos presenteiam com alguma frequência com sonoros ruídos atestando todo o seu vigor sexual. E depois de ter escrito estas duas palavras, sei que o meu blogue vai aparecer nas pesquisas do google com mais frequência. Espero que quando os novos visitantes aparecerem não se esqueçam de experimentar esta salada de cuscuz que preparei para o final de um dia esgotante, onde tentámos aproveitar para jantar lá fora na varanda remodelada.

~ Ingredientes ~

1/2 chávena de cuscuz
pimentos já assados de compra
1 cebola cortada em rodelas
1 tomate
1/4 de pepino médio 
1 lata de atum



Hidratar o cuscuz no dobro da água a ferver. Lavar e cortar os legumes, escorrer o atum e misturar tudo numa taça funda. Temperar com azeite extra virgem e vinagre balsâmico.

Os verdadeiros sortudos, aqueles que não carregam com sacos do IKEA nem ouvem o marido a queixar-se das voltinhas que dá ao fim de semana, que não transpiram apesar dos casacos de pêlo e cujo único objectivo na vida é ser bonitos... foram os gatos que aproveitaram logo para estrear a espreguiçadeira nova!! Lucky bastards!




Comments

  1. Claro, estavas à espera de quê? Os "sacanitas" dos gatos não são nada parvos ;)
    E a salada tem óptimo aspecto :)

    ReplyDelete
  2. Os gatos é que sabem! :D
    Gostei muito dessa salada
    Bjos

    ReplyDelete
  3. Uns deliciam-se com a salada, já os gatinhos deliciam-se a dormir nessa bela poltrona.

    Beijinho

    Paula

    ReplyDelete
  4. Que bela saladinha :) e que bela vida essas dos gatos :D

    Beijos

    ReplyDelete
  5. Óptimo aspecto, mais uma vez! Esta vou experimentar ;) *

    ReplyDelete
  6. Fartei-me de rir com a tirada do número de visualizações do blogue! :-D Tens uns gatinhos muito giros e esta salada é ótima. Ainda estou à espera da tua participação para o passatempo do meu blogue! ;-)

    Aqui: http://cozinharsemlactose.blogspot.pt/2013/06/um-passatempo-e-pepino-frito-com.html

    Bjs

    ReplyDelete
  7. Eu e o cuscuz nao somos particularmente amigos, mas olhando para o aspeto do teu rato, ate me sinto tentada em comer... Se experimentar conto!

    ReplyDelete

Post a Comment

Popular Posts