Granola (bars) de chocolate.

 
No meio do meu frenesim culinário desse dia, aproveitei para preparar uma receita com chocolate para levar ao 3º aniversário do blogue O Barriguinhas. Surgiu esta granola que primeiro tencionava que solidificasse em barrinhas, para servir de alimento pré e pós-treino no ginásio, mas olhem, ficou mais a dar para o esfarelada, embora igualmente deliciosa. Lúcia, parabéns!



~ Ingredientes ~

receita adaptada do blogue Simply Homemade

3 cups (1 cup = 250ml) de flocos de aveia
1 cup de farelo de aveia
125g de chocolate para culinária partido
15 colheres de sopa de óleo de côco
1 cup de mel de urze Lagar do Mel
2 colheres de chá de aroma de baunilha 
2 colheres de sopa de sementes de abóbora
1 colher de sopa de pinhões
2 colheres de sopa de sementes de girassol

Versão granola e versão granola bar.
tempo de preparação: 120m
dificuldade: *
vegetariana: sim
para crianças:  sim 
ingrediente principal: chocolate

Aquecer o óleo de côco com o mel. Juntar o aroma de baunilha. Numa tigela à parte misturar os ingredientes secos e juntar os líquidos. Misturar bem. Pré-aquecer o forno a 120º. Passar uma folha de papel vegetal por água e dispô-la num tabuleiro (adere e molda-semelhor, como vi o Jamie Oliver fazer num programa do 24 Kitchen). Dispôr a granola no tabuleiro, calcando com cuidado. Levar ao forno até assar, cerca de 1h30m. Não fica totalmente sólido, mas solidifica quando arrefecer. Não solidificou tanto como gostaria, por isso algumas barrinhas esfarelei para adicionar ao leite ou aos iogurtes. Cortar em barras e guardar num lindo frasco as que sobrarem.

Uma das melhores receitas que já fiz! Palavra.
E como sobrou tanta, ainda andei a distribuir por amigos e família. E lá em baixo da mesa podem ver as minhas croc's verdes. :))

Com iogurte grego (este é o light açucarado, o que deu origem a um pequeno almoço muito doce e eu não gosto de coisas muito doces... para a próxima vai com um iogurte natural magro e pronto!).


♥ Lovely Sponsor

Comments

  1. Que encontres a tranquilidade, é preciso coragem. A granola parece deliciosa :) Beijinhos

    ReplyDelete
  2. Também podias ter escrito um texto sobre o equinócio, e sobre esoterismo e a influência da natureza sobre o ser humano, que eu ia adorar:)
    Em relação ao te teres despedido. Só tenho uma coisa a dizer, se sentias no fundo de ti que era o melhor para ti, então fizeste muito bem. Trabalhar é uma coisa, ter de conviver com ratos é outra completamente diferente. Também já me aconteceu trabalhar com pessoas intragáveis, mas eu só tentei durante 3 meses, e um dia, a meio de uma reunião, quando eles me perguntaram o que eu achava da situação, eu só respondi : "eu deixei de achar, vou-me embora desta empresa, já não suporto as vossas caras, a vossa falta de educação, falta de bom senso, essa hipocrisia e estupidez". Foi mesmo assim que eu falei. Eles ficaram todos em silêncio, os 3 sócios gerentes que tinham a mania que eram gente grande, olharam para mim durante cerca de 5 minutos assim tipo sem reacção, e depois começaram todos a falar ao mesmo tempo a dizerem, "e não se vá embora, precisamos muito de si, e quanto é que quer de aumento, e pode fazer o horário que quiser e pode trabalhar em casa se quiser..." e tralala pardais ao ninho. Mas eu não conseguia mais olhar para aquelas caras e fui mesmo embora, sem indemnização e sem subsídio de desemprego. E a vida acaba sempre por se resolver e nunca me arrependi da minha decisão. Foi a melhor coisa que fiz :)
    Por isso não te preocupes, dedica-te à tua tese e tudo se resolve :)
    O granola de chocolate, mesmo esfarelado, deve estar bom, tem chocolate, por mim fica perfeito :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu estava numa situação semelhante, extremamente infeliz e saturada, com a agravante que o meu chefe é um verdadeiro psicopata. Uma vez perguntou-me se estava satisfeita ali e eu respondi que nem sempre. Ele disse-me "a porta é a serventia da casa". E quando fechei a porta, a culpa foi minha pq não preparei alguém que me sucedesse, como se ele me deixasse sair a bem ou cm se eu quisesse ficar lá nem que fosse mais um minuto. A melhor coisa foi sair e não ter de voltar lá. A segunda, e bem merecida, foi ter deixado aquilo de pantanas. Agora, desenrasquem-se e que vos sirva de lição. E nao trabalhava com ratos, mas sim com vermes!
      Tens de provar a granola enquanto o texugo está no forno para me dizeres se agradou a ambos! ;)
      Beijinho

      Delete
    2. Vou ter de deixar a granola para quando o Texugo estiver cá fora. É que desde que engravidei não tenho comido doces, nem chocolate que adoro eu tenho comido. Não é por ficar enjoada, nada disso, é porque não tenho mesmo vontade de comer doces, nem que sejam pouco doces :) Mas a receita fica guardada para mais tarde a fazer ;)
      Beijos

      Delete
  3. Boa miúda! Estou muito feliz por ti, já já encontras algo que te ocupe e que não te deixe num trapo. *

    ReplyDelete
    Replies
    1. oh pá, creio que pior do que isto não encontro certamente... :p

      Delete
  4. Olha... se te sentes cada vez mais aliviada, é porque fizeste mesmo a coisa certa! Eu cá também me refugio entre tachos e panelas quando preciso de pôr a cabeça em ordem... Essas barras esfareladas de granola estão com muito bom ar. Eu até tenho de repor o frasco de granola, acho que vou experimentar uma versão achocolatada!
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. experimenta, mª joão, que eu hoje vou fazer as tuas tortilhas com guacamole! ;) e sim, fiz a coisa certa! já toda a gente nota o retorno do meu bom humor! ;)

      Delete
  5. Olá

    Que aspeto delicioso :-) A granola está fantástica.
    Conheci hoje o teu cantinho e esses desabafos são perfeitamente perceptíveis... já passei por algo semelhante... enfim.. Vai tudo correr pelo melhor.

    Aproveita e vem ver o concurso que está a decorrer no meu blog (a receita já pode ter sido publicada)

    http://www.pratocaseiro.blogspot.pt/2013/09/parceria-ramiro-leao-e-um-passatempo.html

    Beijinhos
    http://www.pratocaseiro.blogspot.pt/

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada pela visita (e pela compreensão!). Vou certamente tentar participar, também gosto muito de café, embora seja muito eléctrica por natureza e seja obrigada a controlar-me ;)
      Beijinhos e volta sempre!

      Delete
  6. Que bom aspecto! Adorei as fotos :).
    Boa sorte com o problema do emprego!
    Bj S

    ReplyDelete
  7. Eh eh tb fiz umas barritas esta semana (deve ser deste tempo a cheirar a Outono), foram as minhas primeiras ;)
    Obrigada pela visita!
    Bjs

    ReplyDelete
    Replies
    1. estas foram as minhas primeiras e já me explicaram como hei-de fazer para que solidifiquem. para a próxima correm melhor, certamente! obrigada eu pela tua visita, gosto muito do teu blogue :D

      Delete
  8. É uma decisão que nem sempre é fácil de tomar quando pensamos nas consequências, mas pelas tuas descrições ainda bem que tiveste coragem para isso, há que dar prioridade à nossa sanidade mental! E às vezes a cozinha é mesmo a melhor terapia. força e boa sorte para encontrares um emprego dos bons! ;)

    ReplyDelete

Post a Comment

Popular Posts