Instagrams da semana.


As Crocas de Cenoura da FRUTAFORMAS encontraram outro Sócrates completamente clueless...

Livros de culinária muito aguardados!!!

Apenas a melhor coisa do mundo...

Malinha toda fashion no metro...

Presentes preparados com muito amor: geleia de melão e hortelã e compota de cenoura com poejos.

Adorei este smoothie de abacate, manjericão e lima. Receita em breve aqui no blogue!

Mingau adaptado da receita da OuiOui Saudável.

Adoro o Outono. O único problema acontece quando as primeiras chuvas se cruzam com um par de All Stars e resultam num malho descomunal nas escadas do metro...


Chegou aquela altura do ano em que gatos combinam com mantas.

Mr Bean.

Dia de aparar as crinas.

Sabes que fizeste uns bons camarões com alho quando no final da refeição só resta um prato brilhante. E a acompanhar um fresquíssimo Aveleda Douro 2012.

Esta noite serviremos gato.

Mais uma ninhada num terreno abandonado em Lisboa da qual ninguém quer saber... Já me fartei de pedir ajuda à Câmara e a associações de animais e ninguém tem meios ou dispinibilidade.

Comments

  1. Esta última foto, partiu-me o coração. Este tipo de situação dá vontade de levar todos os animais abandonados para casa, mas sabemos bem que isso é impossível :(
    As câmaras só sabem recorrer à eutanásia e as associações de animais estão a abarrotar com tantos animais abandonados, e com muito poucos meios para conseguir gerir as associações em boas condições. O mundo é cruel.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Nem todas as câmaras praticam a eutanásia. Aliás, a de Lisboa tem um programa em que resgatam os gatos, encontram casas para os bebés porque é mais fácil e os outros esterilizam e devolvem pq existe o estatuto de animal errante. Desde que haja alguém que fique responsável por mudar a areia e alimentar os animais, eles podem ficar livres. O problema é que estes vivem entre um terreno abandonado atras de um gradeamento e quem os alimenta são as senhoras de um bar de alterne, que apenas enchem os recipientes com comida do lado de fora das grades. Portanto é um pouco complicado organizar-me com elas e entrar no jardim, ate pq aquilo é propriedade privada nao sei de quem.. As associações todas com quem falei mandaram-me a mim apanhar os gatos, arranjar-lhes um lar e pagar pelas esterilizações. Quanto muito poderiam ajudar, mas dizem que estão sobrecarregados. Ora, para isso, não preciso de pedir ajuda... Ja vi ninhadas e ninhadas a nascer ali todos os anos e vou ter de arranjar sozinha uma solução, so nao sei ainda qual...

      Delete
    2. Não sabia que a câmara de Lisboa tinha esse tipo de programa, mas ainda bem que me disseste :)
      Pelos vistos estás numa situação complicada. A única forma que tenho de te poder ajudar é perguntar a amigos e conhecidos se querem adoptar um gato, mas vai ser complicado porque quem já tem animais, não quer mais, e quem não tem, nem nunca teve, vai continuar a não querer. Mas vou perguntando, se alguém disser que quer, eu depois digo-te qualquer coisa. Espero que consigas encontrar uma solução ao problema.

      Delete
  2. Os livros e os gatos são os meus favoritos:)
    Aquela última foto é que não é nada bonita, ou melhor o seu contexto é que não é, infelizmente ainda acontece estas situações tão tristes e quando não podemos nada fazer ainda ficámos bem pior, eu tenho um gatinho de nome Heinz e também estava nas mesmas condições que esse pequeninho, estas situações revoltam-me.

    Beijinhos

    ReplyDelete
  3. Foi assim que fiquei com o meu Nietzsche (é o meu gato, by the way...): fui buscá-lo à Estrela, era de uma ninhada de gatos vadios que uma amiga minha alimentava e este entrava-lhe pela casa dentro. Apetece levar todos para casa!
    Beijinhos

    ReplyDelete

Post a Comment

Popular Posts