Paladar: Bolachas de aveia, gengibre e mirtilos doces.


Não há como ter um blogue cheio de receitas e não privilegiar o Paladar como o meu sentido favorito! Mas gostar de cozinhar e de comer não significa pesar 110kg e enfardar pizza com Coca Cola todos os dias (ok, foi só ontem ao jantar...). Gostar de comer e de cozinhar, querer manter diariamente um espaço virtual com o qual me identifique mas que ao mesmo tempo me obrigue a ir um pouco mais longe em cada receita, significa aprender a gostar de programas de culinária, um género televisivo que abominava até há bem pouco tempo atrás. Desculpem, mas cresci a ver a minha Avó a assistir avidamente a chefes portugueses que apresentavam receitas atrás de uma bancada de cozinha nada convidativa nem acolhedora, debitando os ingredientes para cada prato como se se tratassem de divindades que as donas de casa portuguesas deveriam admirar. E as Teleculinárias... Nem me ponham a falar delas. As suas páginas cheias de fotografias empilhadas e de receitas super complicadas, as suas edições temáticas (como se as receitas de filhoses mudassem muito de ano para o ano e os coelhos nunca se cansassem de distribuir ovos coloridos na páscoa...) e o espaço todo que ocupavam nas prateleiras! Em todas as capas destas revistas podia ler-se "As receitas da TV!", como se às mortais donas de casa a aquisição de cada fascículo se comparasse à aproximação das Sagradas Escrituras e lhes permitisse prolongar um pouco mais aquele encontro diário místico de 15m com o chef...

Ainda bem que o paradigma mudou ou que nós o obrigámos a mudar. Ou se calhar fui eu que mudei. Para mim, privilegiar o Paladar significa encontrar uma receita em cada esquina. Ir ao mercado e os vegetais coloridos sugerirem-me novas combinações de sabores. Perceber que erva aromática melhor combina com cada prato: o alecrim com porco, os óregãos com tomate, o tomilho com azeite... Saber que já não posso responder apenas que "não gosto de leite nem de lulas" quando me perguntam se há alguma coisa que não coma, porque conheço melhor os ingredientes e já nem todos me convencem. Mas também descobri combinações que nunca supus que viessem a dizer-me algo: afinal parece que gosto de favas, molho de tomate salva qualquer prato e os legumes e frutos biológicos têm mais sabor do que quaisquer outros. É não perder uma oportunidade para aprender um novo truque culinário, mas também já não ter muita paciência quando alguém me tenta ensinar algo que já sei (há tanta gente que gosta de ouvir o som da própria voz...).

Significa também comer com mais consciência. Ou tentar, vá. Não sou vegetariana, tento comer de forma saudável em casa e deixar as facadas na dieta para quando vou jantar fora, corto no sal e nas gorduras porque sou um bocado hipocondríaca... Privilegiar o Paladar é saber o que comer, quando comer e de que maneira comer sem prescindir do sabor. É ter ficado um nadinha viciada no novo livro de receitas mais leves da Lorraine Pascale e ter adorado estas saudáveis bolachas. É ter conseguido introduzir alimentação com sabor cá em casa sem prescindir do valor nutricional e não ter sido a única que delirou com este saudável pecado.


~ Ingredientes ~

receita adaptada do livro A Lighter Way to Bake de Lorraine Pascale, p. 162

50g de Becel líquida
100g de açúcar mascavado
1 ovo L
2 colheres de sopa de azeite
125g de farinha de trigo integral
100g flocos de aveia integrais
1 colher de sopa de gengibre moído Suldouro
1 colher de chá de fermento químico
1/4 colher de chá de bicarbonato de sódio
3 colheres de sopa de mirtilos doces Alecrim aos Molhos



Pré-aquecer o forno 170º. Bater a Becel com o açúcar mascavado usando uma vara de arames. Juntar o ovo e o azeite e misturar bem. Não necessita de ficar cremoso, mas bem unido. Adicionar a farinha, a aveia, o gengibre, o fermento e o bicarbonato de sódio. Misturar bem e juntar os mirtilos doces. Com as mãos moldar as bolachas (fiz cerca de 12, ficaram gigantes!) e levar ao forno entre 10 a 12m num tabuleiro forrado com papel vegetal. Retirar do forno, deixar arrefecer um pouco e seguidamente transferir as bolachas para uma grade.


tempo de preparação: 45m
dificuldade: *
vegetariana: sim
para crianças:  sim 
ingrediente principal: aveia


E não se esqueçam de participar no passatempo [Limited Edition] x Alecrim aos Molhos até dia 31 de Dezembro!!

♥ Lovely Sponsor ♥

 

Comments

  1. Olá:)

    Bolachinhas deliciosas! Sabiam bem ao lanche e acompanhar o chá quentinho:) Que delícia:)

    Boa semana!
    Beijinhos

    ReplyDelete
  2. Olá

    Que belas bolachinhas, mesmo como eu gosto..

    Passa no meu cantinho e participa no passatempo que está a decorrer:

    http://www.pratocaseiro.blogspot.pt/2013/12/passatempo-faz-tua-receita-com-produtos.html

    Beijinhos e boa semana

    http://www.pratocaseiro.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  3. Adorei a tua introdução! :)
    "(como se as receitas de filhoses mudassem muito de ano para o ano e os coelhos nunca se cansassem de distribuir ovos coloridos na páscoa...)" Smile puro e duro!!! :D
    Também nutro simpatia pela sr.ª Pascale! Tem uma forma de cozinhar que me cativa.
    Em relação às bolachinhas, remeto a morada por sms ou mail? :)

    ReplyDelete
  4. wuau mas que bolachinhas mais bonitas e saudavel tb tenho umas para fazer mas gostei mt destas obrigada pela visita volte sempre bjs bs

    ReplyDelete
  5. Que Delicia de receita, fico a imaginar o cheirinho de coisa boa saindo do forno quentinho... Huuuuuuuuuuuummmmmmmmmmmm!!!
    Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)
     
    http://decolherpracolher.blogspot.com

    ReplyDelete
  6. Ainda não tenho este livro da Lorraine, mas imagino que seja tão bom como os outros :)
    Adorei esta receita de bolachas, ficaram com tão bom aspecto!

    Beijinhos*

    ReplyDelete
  7. As fotos ficaram lindas e as bolachinhas mesmo tentadoras :D
    Um beijinho e uma boa semana.
    Ana

    ReplyDelete
  8. Ficaram lindas! As receitas da Lorraine são mesmo uma delícia e tão práticas...
    Beijinhos

    ReplyDelete
  9. eu cresci com as teleculinárias da minha mãe, ela tem dezenas :))
    adoro a combinação de sabores das tuas bolachas, são gulosas mas mais saudáveis!

    ReplyDelete
  10. Devem ser óptimas!!!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  11. Já me ri um pouco com o teu texto, tens sentido de humor não há dúvida :)
    Claro que as coisas mudaram para melhor e ainda bem :) agora é muito mais fácil cozinhar porque a informação é maior e desmistifica certos bichos papões :)
    Também gosto da Lorraine :) quem não gosta ??!!
    Estas bolachinhas ficaram lindas e sei que estão deliciosas pelos ingredientes excelentes que têm
    Bjns
    Isabel

    ReplyDelete
  12. :D ehehhehe sabes que tb comecei a comer melhor desde que tenho o meu blog, felismente que os tempos mudaram e que a informação é bem maior e melhor!
    Estas bolachinhas são perfeitas ! Adoro mirtilos e com o toque do gengibre ... que delicia :)
    Beijinho doce

    ReplyDelete
  13. Ficaram um mimo e adorei a tua descrição dos programas de culinária antigos... eram mesmo enfadonhos.
    Bjs, Susana
    Nota: Ver os passatempos a decorrer no meu blog:
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/11/1-aniversario.html
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/2013/12/strudle-de-bacalhau-e-couve-com-chourico.html

    ReplyDelete
  14. Bem, tu és o máximo!! Adoro ler-te, adoro o teu sentido de humor e adoro estas bolachinhas e claro, adoro o livro da Lorraine que já fiz umas quantas receitas dele e amanhã sai no blogue o soda bread desse magnífico livro.
    Beijinhos,
    Lia.

    ReplyDelete
  15. Identifico-me tanto com este post :) Além de adorar cozinhar, gosto mais ainda é de comer, mas anda-se sempre com o espírito amedrontado de vir a engordar 10 kg depois de uma grande jantarada.. Mas enfim, só se vive uma vez, não é verdade?
    Adorei a receita das bolachas. Uma vez que se aproxima a época em que faço mais bolachas, vou ver se experimento a recita.
    Beijinho e bons cozinhados :)
    http://acozinhadaovelhanegra.blogspot.pt

    ReplyDelete
  16. O gengibre fica sempre bem em todo o lado! :-) Belas bolachas!

    ReplyDelete

Post a Comment

Popular Posts