Salmão em tisana de hortelã-pimenta HG com flor de sal aromatizada de oregãos e tomilho.




Descobri recentemente que, à semelhança do que estudos científicos comprovaram acontecer com animais selvagens, a música clássica tem em mim um efeito calmante - qualquer coincidência entre ambos os casos é, apenas e nada mais, pura coincidência. Às vezes chego a casa e selecciono no You Tube peças conhecidas. Se preciso de me concentrar, se necessito de relaxar de um dia mais complicado e quero companhia enquanto estou a cozinhar, a música clássica tem o poder de embalar-me. Entro numa espécie de transe o qual, cheguei à conclusão, me torna mais produtiva e focada nas actividades a que me dedico. Não sei o nome de muitas peças, apenas as conhecidas. Conheço várias, de ouvido, mas não sei localizá-las no tempo, no espaço, nos autores. Penso que esse será o passo que se segue. Para já divirto-me a usufruir do bem-estar que me invade quando estou a ouvir música clássica, seja ela de que espécie for. Não sei se a formação musical ou se os anos de aprendizagem de piano (que actualmente me deixaram um conhecimento do instrumento que se limita a saber tocar os "Parabéns" de ouvido e usando apenas o dedo indicador...) são responsáveis por esta inclinação para a música clássica e para o prazer que desperta em mim, mas sei que foi um amor redescoberto e que me tem feito muito feliz.


~ Ingredientes ~
 
1 lombo de salmão
1/2 litro de tisana de hortelã-pimenta Herdade do Gamoal

Temperar o lombo de salmão com a flor de sal, não sendo necessário colocar muita, visto que esta é mais intensa do que o sal marinho. À parte fazer a tisana de hortelã-pimenta colocando cerca de 12g de folhas (2 a 5g por cada chávena). Deitar a água a 90º sobre as folhas e deixar infundir entre 3 e 5m. Com a infusão ainda bem quente, imergir o salmão no líquido (eu coloqui mesmo dentro do bule para poupar loiça!) e deixá-lo lá dentro o tempo suficiente até que coza. Retirar deixando algumas folhas de hortelã. Servir com arroz branco. 

Este salmão sem gordura e cozinhado num tisana aromatizada com hortelã-pimenta é uma excelente alternativa saudável para jantares rápidos que não se querem, de maneira alguma, aborrecidos ou complicados!

tempo de preparação: 30m
dificuldade: *
vegetariana: não
para crianças:  sim 
ingrediente principal: tisana de hortelã-pimenta Herdade do Gamoal
 
 
E não se esqueçam de participar no passatempo Herdade do Gamoal x [Limited Edition] até dia 17 de Novembro!!
 
♥ Lovely Sponsor  

 

Comments

  1. Também tenho uma ligação especial com a música clássica. Permite-me desligar do mundo quando quero ficar uns instantes na minha bolha, sem nada a perturbar. Tenho uma preferência por Vivaldi, Chopin, e por Prokofiev, se bem que este último é quase contemporâneo.
    A tua forma de cozinhar o salmão é comparável, ao que se chama em frança, o Court-bouillon, há quem adicione vinho branco, mas eu não, utilizo apenas legumes e ervas aromáticas. Esta versão com chá deve dar um aroma muito bom ao salmão. Gostei :)

    ReplyDelete
  2. Achei esta sugestão super interessante! a ideia de cozer o salmao no chá convenceu-me :)
    Beijinhos
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    temos um grande passatempo no facebook! participa:
    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=705821982776483&set=a.705816672777014.1073741828.702561799769168&type=1&theater

    ReplyDelete
  3. Que excelente ideia e o salmão ficou com um ar bem apetitoso.

    ______________________
    Ana Teles | blog: Telita na Cozinha

    ReplyDelete
  4. Adoro salmão, o que é ótimo visto ser um alimento muito saudável.

    ReplyDelete

Post a Comment

Popular Posts