Visão: Panquecas de millet com molho agridoce.







Estou com alguma dificuldade em dar início a esta publicação. Nada de mal se passa comigo, hoje - só hoje! - não venho para aqui queixar-me e, por acaso, até estou bastante bem disposta. Escrever e cozinhar têm-me preenchido os dias mais ainda do que o habitual. Porém, não sei bem em que medida consigo relacionar esta receita com o sentido da visão como era suposto. Bom, para além do óbvio....

Basta olhar para estas panquecas confeccionadas com millet (um grão considerado como um dos alimentos mais saudáveis) e ficar com água na boca. Sem precisar de puxar muito pela imaginação, consigo rapidamente relacionar esta receita com qualquer um dos outros quatro sentidos. Não precisam de sentir a sua textura esponjosa para perceber que estas panquecas são feitas de ingredientes frescos e que acabaram de saltar da frigideira (aliás, nem convém, porque ainda estão quentes...). Não precisam de aproximar o nariz para saber que sabem tão bem quanto cheiram. Não precisam de as trincar para ser claro como o seu sabor aveludado contrasta na perfeição com o molho agridoce que as acompanha. E certamente que ninguém precisa de me ouvir mastigar para saber que estou a adorar esta refeição...


A visão aqui pouco ou nada se destaca, dilui-se nos outros. Em abono da verdade, nenhum se distingue por si só também. Talvez esta seja uma daquelas receitas completas que nos despertam todos os sentidos, daquelas em que nenhum leva o protagonismo para casa.

Mas há algo que me faz querer escrever sobre esta receita que nada tem a ver com o olfacto, o paladar, a audição, o tacto e muito menos com a visão: a quantidade de asneiras que eu fiz até aqui chegar.

Primeiro, não tinha cebolinha. Tinha cebola e cebolinho. Na minha cabeça era praticamente a mesma coisa. E nem sequer era este o único ingrediente que me faltava na despensa...

Depois em vez de fazer a receita inteira, enganei-me logo na quantidade do primeiro ingrediente. Em vez de 3/4 de millet, cozi apenas 1/3, razão pela qual o resto da receita teve toda de ser adaptada e reduzida. Mas ainda bem, ou estaria a comer panquecas de millet até ao Armagedão.

Como se não bastasse, após fazer o molho, misturei-o todo com o millet, a cebola e o cebolinho picados. Fiquei sem molho. Tive de improvisar e fui buscar este sweet chilli que, por sua vez, ficou delicioso mas um pouco caramelizado demais e uma hora depois estava em pedra... (já agora, a versão da Maria João deve ser fantástica também, mas não tinha vinagre de sidra...). Sugiro que o deixem uns minutos a menos na panela, caso contrário, terão de comê-lo todo de seguida para evitar que se cole aos dentes... e não desgrude. PARA-SEMPRE.


Quando coloquei as panquecas a fritar já passava em revista mental outras receitas que poderia experimentar a seguir e que a substituiriam. Mas quando tirei a primeira do lume e a provei... Não sei onde errei mais: se em começar uma receita sem ter os ingredientes todos, se deveria lê-la do início ao fim com atenção antes de começar, se deveria experimentar fazer uma coisa de cada vez e não ter sempre o meu pensamento disperso em 1001 coisas. Chamem-lhe sexto sentido. Tanta coisa fiz mal que acabou num sucesso. É por isso que a visão não se destaca. Há algo mais aqui que não se explica. Se calhar não faz é sentido. Porém, resultou e muito bem.

~ Ingredientes ~
receita adaptada do site Bon Appétit

para cozer o millet

1/3 cup (1 cup = 250ml) de millet 
3/4 cup de água a ferver
uma pitada de sal

 para as panquecas

2 colheres de sopa de molho de soja
1 colher de sopa de vinagre de arroz Alecrim aos Molhos
1 colher de chá de açúcar amarelo
1 colher de chá de sementes de sésamo
30g de cebola roxa bem picada
1 colher de chá de cebolinho picado + 1 colher de chá de cebolinho picado para guarnecer
1 ovo biológico M
2 colheres de sopa de leite magro
2 colheres de sopa de amido de milho
1 colher de chá de azeite Alecrim aos Molhos + 4 colheres de sopa de azeite Alecrim aos Molhos para fritar as panquecas

para o molho agridoce

120g de açúcar branco
120ml de vinagre de arroz Alecrim aos Molhos 
3 dentes de alho
11g de gengibre fresco
3 malaguetas vermelhas pequenas (das conservadas em azeite)

Cozer o millet na água a ferver com um pouco de sal. Retirar do lume, colocar num escoador e deixar arrefecer.  Não há problema se o millet ficar espapaçado.
Bater o ovo e adicionar os outros ingredientes numa tigela (excepto o cebolinho para guarnecer e o azeite para fritar). Juntar o millet cozido e já arrefecido e mexer com uma colher de pau apenas o suficiente para unir os ingredientes. 
Entretanto preparar o molho sweet chilli. Ralar os dentes de alho com o gengibre e reservar. Picar as malaguetas (eu deixei as sementes). Numa panela pequena, aquecer o açúcar com o vinagre, deixando ferver cerca de 10m. Acrescentar os restantes ingredientes e cozinhar mais 5m (penso que foi aqui que cozi demais o molho, por isso tenham atenção à intensidade e tempo ao lume).
Aquecer o restante azeite numa frigideira e aí colocar uma colher de sopa cheia da massa preparada. Repetir o processo para cada uma das panquecas (fiz cerca de 8 pequenas). Com a ajuda de uma espátula, virar as panquecas até que fritem uniformemente. Retirá-las uma a uma quando estiverem prontas e colocá-las num prato coberto com papel de cozinha para retirar o excesso de gordura. Salpicar com o restante cebolinho e um pouco de sementes de sésamo e servir com o molho agridoce.


tempo de preparação: 45m
dificuldade: **
vegetariana: sim
para crianças:  não 
ingrediente principal: millet

E não se esqueçam de participar no passatempo [Limited Edition] x Alecrim aos Molhos até ao próximo domingo, 12 de Janeiro!!
♥ Lovely Sponsor ♥



Comments

  1. Que belo aspecto!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  2. É curioso quando por vezes quase somos forçados a fazer alterações às receitas, e pensamos isto vai ser um desastre e depois acabam por serem melhores do que as originais! Provarmos millet ano passado e passou a ser um dos cereais que mais gostamos.
    Beijinhos

    ReplyDelete
  3. Gosto! Gosto!!
    Adoro millet e adorei as panquecas :)
    E às vezes as coisas correm de maneira diferente do esperado, mas acabam por ficar bem.
    Um beijinho.

    ReplyDelete
  4. Que aspecto magnífico Maria.
    Tenho ali millet e vou experimentar esta maravilha!
    Beijinhos e bom fim de semana,
    Lia.

    ReplyDelete
  5. Nunca provei millet, mas adorei as tuas panquecas! Visualmente falando, claro, porque não imagino o sabor...
    Beijinhos

    ReplyDelete
  6. Grande ideia!
    Não estou em casa, por isso não posso participar no teu passatempo, mas quando penso na audição lembro-me da cena da Amélie Poulain a falar do crême brulée e de como partia o açúcar queimado... Se pudesse, tinha feito isso...

    ReplyDelete
  7. Se for para ter este resultado bem te podes enganar mais vezes!! Fiquei já de água na boca, pelas panquecas e pelo sweet chilli, yummi!
    E sabes, a mim aconteceu-me exactamente o mesmo com essa receita do molho, deixei demasiado tempo na panela e no fim fiquei com caramelo de malagueta :S não voltei a fazer mas também já tinha visto a receita da Maria João e apontado para experimentar numa próxima vez. Depois de ver esta receita acho que está para breve!

    beijinho*

    e fico contente por estares bem disposta! ;)

    ReplyDelete
  8. Adorei estas panquecas!!! Com todos os percalços que conheceram, tinham tudo para dar asneira e afinal! Tenho que experimentar.

    ReplyDelete
  9. O que me ri e revi no teu post, mas o que interessa é que esta magníficas panquecas saíram e despertaram todos os sentidos... nada melhor, certo?! ;)
    Bjs

    ReplyDelete
  10. Ficaram com um aspecto tão delicioso que não é mesmo preciso comê-las para adivinhar o seu sabor. Mas eu adorava provar estas peculiares panquecas. Ficaram mesmo top. ;)
    Beijinho e boa semana.

    ReplyDelete
  11. Experimentei e adorei! Espero que fique bom também amanhã ao almoço, aquecido no microondas! ;-)

    ReplyDelete
    Replies
    1. que bom que gostaste!! eu fui a única cá em casa que as comi, por isso uma segunda opinião é sempre bem-vinda. do que me lembro no dia seguinte também estavam deliciosas. beijinhos

      Delete
    2. Confirmo! Comemos hoje ao almoço e estavam magníficas. Aqueci também o molho 1 minuto no microondas, foi um sucesso! ;-)

      Delete
    3. Deixa-me mesmo feliz que tenham gostado. Sei que os paladares por aí são exigentes! O meu molho solidificou tipo caramelo pouco depois de comer, por isso acabei por deitar fora o pouco q sobrou. Para a próxima guardo e reaqueço como tu fizeste.

      Delete

Post a Comment

Popular Posts