Pesto vegetariano de agrião e avelã torrada.

Pesto fluorescente e radioactivo! :D

Às vezes quando me dá para ficar obcecada com um ingrediente, não há maneira de descansar enquanto não o adquiro e utilizo em diferentes receitas. Foi o que aconteceu com a levedura de cerveja, após o ter visto numa publicação do blogue da Patrícia, Not Guilty Pleasure, a propósito destas almôndegas de lentilhas com óptimo aspecto.

Numa das minhas caminhadas de casa para o trabalho passei pela Espiral na Estefânia, onde sou cliente habitual. Pelo menos uma vez por semana, lá vou eu espreitar as novidades e as promoções. Numa dessas visitas, resolvi trazer a tal levedura de cerveja, apesar do seu preço um pouco proibitivo. A propósito deste assunto, outro dia li um comentário no instagram publicado por uma rapariga que admitia às vezes sentir-se castigada por tentar comer de maneira mais saudável, tendo em conta os preços de alguns produtos. A verdade é que não me parece que apostar numa alimentação saudável, macrobiótica ou vegetariana seja algo reservado para as elites, mas a verdade é que em alguns produtos vemos realmente diferença...

Depois de bem informada sobre as propriedades da levedura de cerveja, achei por bem investido o meu dinheiro. Verdade seja dita, atribuo 90% da minha decisão ao facto desta me prometer um sabor a queijo. Trouxe a levedura de cerveja para casa e tenho ficado muito satisfeita com a sua "performance" em todas as receitas em que a utilizei. E como o artigo citado sugeria consumi-la sem a cozinhar, procurei por uma receita em que a pudesse comer "crua", tendo assim chegado ao pesto. Só depois descobri que a Patrícia também tinha a sua versão com manjericão, como podem ver aqui.

Ultimamente ando a ver se me torno uma pessoa mais saudável com as minhas caminhadas (na semana passada bati o recorde de sempre e andei 35km!!!) e opções vegetarianas (saudável do ponto de vista físico, se contarmos o lado psicológico, é o caos de sempre). Brincadeiras à parte, noto grandes diferenças no meu humor, na minha vitalidade, energia, etc, com estas pequenas mudanças. E só por isso vale a pena insistir!


~ Ingredientes ~

receita adaptada do blogue Vegan Epicurean
e do blogue Not Guilty Pleasure

1 molho de agrião (aproximadamente 180g)
2 colheres de sopa cheias de avelãs descascadas e torradas (uns minutos na frigideira sem gordura)
sumo e raspa de um limão
1 dente de alho grande
2 colheres de sopa de levedura de cerveja
3 colheres de sopa de azeite
6 borrifadelas de Sal & Vida
água qb

Lavar o agrião e retirar os caules mais grossos. Num liquidificador adicionar todos os ingredientes e misturar até obter uma mistura homogénea. Adicionar água para conseguir a consistência desejada (eu prefiro mais líquido, mas há quem goste do pesto mais "aos bocados").


tempo de preparação: 20m
dificuldade: *
vegetariana: sim
para crianças:  sim 
ingredientes principais: agrião

♥ Lovely Sponsor ♥ 


Comments

  1. woooow que verde lindo!! Levedura power!!!!! :P

    Eu não gosto muito de agriões mas esse pesto está mesmo com bom aspecto, calhava bem um bocadinho disso para a massa que vou fazer ao almoço eheh

    Também não concordo que a alimentação vegetariana/saudável seja para as elites, estava bem tramada se assim fosse, mas há coisas que concordo que são mais puxadotas de preço, a levedura compro sempre em flocos por essa razão e porque a de pó tem um sabor mais intenso.

    Fico à espera de ver mais experiências com a levedura ;)

    beijinhoos*

    p.s. 35km??num dia? (já não vou caminhar há tanto tempo que acho que se fizesse 35km no mesmo dia tinha de ficar de baixa o resto da semana...)

    ReplyDelete
    Replies
    1. não, foram 35km numa semana! estás maluca?! fiquei com os músculos das pernas doridos, mas soube bem.
      não encontrei levedura em flocos na espiral, mas talvez haja nas lojas de produtos naturais maiores. aqui só encontrei em pó e trouxe a embalagem mais pequena para ver se gostava. eu adoro o sabor intenso que deixa na comida! estava aqui a pensar... qual será o contrário de loja de produtos naturais? loja de produtos artificiais?... :p

      Delete
    2. Opa sei lá, podia ter-te dado uma febre de exercício físico eheh :P
      Bem o contrário de loja de produtos naturais... assim de repente..mcdonalds? eheh, teria de ser restaurante, mas faz de conta.

      Delete
    3. vou abrir uma "loja só de produtos artificiais e que façam pessimamente à saúde" a ver as pessoas percebem a ironia.... de que estaria a vender os mesmos produtos que consomem diariamente... como diziam no teu blogue há dias: "de antioxidantes não morrem eles!" LOL adorei!

      Delete
  2. Que excelente ideia, adorei essa cor.
    Bjs, Susana
    http://tertuliadasusy.blogspot.pt/
    https://www.facebook.com/Tertuliadasusy

    ReplyDelete
  3. este verde é mesmo verde! nunca provei pesto de agrião mas como adoro tudo o que é pesto acho que vou gostar ;))

    ReplyDelete
  4. Que verde tão vibrante!!! Nunca comi pesto de agrião, mas como adoro pesto acho que ia gostar :)

    Beijinhos*

    ReplyDelete
    Replies
    1. eu sugiro que experimentes! não é só a cor que atrai neste pesto, o sabor é diferente do tradicional, mas igualmente saboroso. ontem experimentei-o sobre uns bróculos ao vapor em vez da tradicional mistura azeite e vinagre e adorei :) beijo*

      Delete
  5. Sabe a queijo, a sério!?? Opah... lá vou eu à procura da levedura! Ficou com uma cor linda este teu Pesto!
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. eu comprei em pó e pelo que disse a patrícia, é essa a variedade que tem um sabor mais intenso. eu agora ando sempre a adicionar um pouco de levedura a pratos diferentes, desde o pesto às massas e estou a gostar imenso! beijo*

      Delete
  6. Este pesto está com uma cor fabulosa!!
    E sim, há coisas que são caras, mas valem bem a pena :)
    Elah, 35 km boa! fogo, nao me imagino a caminha tanto, hehe.
    Um beijinho.

    ReplyDelete
    Replies
    1. a levedura de cerveja valeu bem todos os cêntimos que dei por ela, já que tenho-a feito render e utilizado em 1001 combinações diferentes. adoro experimentar novos sabores e, se trouxeram mais valias nutricionais, melhor ainda! :) relembro que os 35km foram ao longo de uma semana!... ;) beijo*

      Delete

Post a Comment

Popular Posts