Frango com citrinos.


Há muita coisa que eu cozinho que não tem como destino o blogue. Por vezes vezes ocorrem epic fails: bolachas cuja massa fica demasiado líquida ou das quais me esqueço no forno. Receitas que invento na hora e cujo resultado é impróprio para consumo. Ou apenas aquelas refeições que não trazem nada de novo ou de interessante e, como tal, escusam de vir para aqui ocupar espaço. 

E depois há aquelas receitas que sei que têm um lugar reservado no blogue: as patties de falafel, a granola de manteiga de amendoim, as panquecas de millet ou o frango do campo assado em erva cidreira... Muitas vezes dou por mim a pensar, enquanto cozinho, nas pessoas que me lêem. Cada vez mais tenho vindo a receber comentários de quem experimenta as minhas receitas (minhas, é como quem diz...). Fico sinceramente feliz por fazer parte das vossas vidas, garfada a garfada. 

E é por essa razão também que, por vezes, ao cozinhar, já estou a antecipar quem poderá usufruir da receita que publicarei. Se for vegetariana, tenho por aqui a Patrícia a saltitar e a deixar asteriscos de beijinhos. Se for exótica e original, a Ana não se esquece de fazer um comentário e de partilhar comigo o veredicto que apurou quando experimentou uma das minhas receitas. Se for para soltar duas risadas com os meus disparates, o Luís entende-me como ninguém. Se for para sugerir alternativas ainda mais saudáveis e saborosas, posso sempre contar com a Doyle. Se estiver a contar com um comentário de quem leu o texto até ao fim e gostou da receita, deixo isso para a Inês e para a Lia. Se estiver a apontar para dois dedos de conversa e aprender um pouco mais sobre culinária, não há melhor do que a Ana Rita. E se trouxer para aqui uma refeição caseira e reconfortante, como esta que vos trago hoje, não consigo deixar de pensar no que a Maria João achará dela.

E os restantes que andam por aqui, o que pensam das minhas receitas?! Comentários depreciativos, aviso já, não serão publicados. Só aqueles que comecem com "És uma inspiração!" ou "Já não me alimento sem vir aqui primeiro ver o que postaste".


~  Ingredientes ~

3 peitos de frango do campo cortado em 4 partes iguais e sem peles
2 tangerinas cortadas em fatias
1 limão cortado em fatias
1 colher de sopa de cebola desidratada
1 colher de sopa de óregãos Suldouro
1 colher de chá de piri-piri Suldouro
1 colher de café de sal marinho Necton
2 folhas de louro
1 colher de sopa de alho em pó Suldouro

Aquecer o forno nos 220º. Arranjar o frango de acordo com as indicações e depositá-lo numa tigela. Adicionar os restantes ingredientes, deixando para último os citrinos. Ao juntar estes últimos, espremê-los com as mãos para conseguir o máximo de sumo. Colocar tudo num pirex e levar ao forno aproximadamente 30m. Servir com brócolos e arroz integral.


tempo de preparação: 40m
dificuldade: *
vegetariana: não
para crianças:  sim 
ingredientes principais: frango do campo

♥ Lovely Sponsor ♥

 

Comments

  1. Este pratinho é a minha cara e tu sabes... assim que vi a fotografia no Facebook, vim cá cuscar!! Tem tudo o que eu gosto, está cheio de sabores e pozinhos! Queres saber o que a Maria João acha? Acha que o vai fazer lá em casa e depois confirma as primeiras (fantásticas) impressões! ;)
    Beijinhos, querida!

    ReplyDelete
    Replies
    1. aha! que giro teres sido tu a primeira a comentar. por acaso ao fazer esta receita pensei mesmo que era a tua cara... sugiro que retires as cascas antes de servir, para não estares a pôr para o lado continuamente no prato e não te arriscares a trincar uma de limão como eu... ;) beijinhos

      Delete
  2. Eu acho que tens uma diversidade de boas receitas, para todos os gostos. Este frango e uma ótima receita para o dia a dia, gosto muito de espreitar as tuas receitas vegetarianas, e consinhas doces, como bolachas e assim que eu sou gulosa :)
    Além das receitas, adoro os teus textos e o teu sentido de humor, que acho fabuloso ;).
    Apesar de nem sempre comentar, sou visita assídua e está tudo dito. Falta a parte, de que sim, és uma inspiração :)
    Beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. obrigada pelo teu delicioso comentário! também gosto muito das visitas que fazes ao meu blogue e frequento o teu com a mesma assiduidade. só provavelmente a pessoa mais preguiçosa a comentar, por isso não levo a mal quando por aqui é o mesmo. beijinhos e um doce fim de semana! ;)

      Delete
  3. que bela refeição!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  4. Que giro, gostei mesmo de te ler hoje :) é engraçado como pensamos o mesmo de algumas pessoas.
    E que me tenhas mencionado no post, e sim, eu leio!! Sempre com prazer.
    E acho que vou fazer a receita um dia destes, adoro frango e adoro citrinos, e nunca juntei tangerina ao frango (acho eu, que me recorde, hehe sou um bocado esquecida!).
    Um beijinho.

    ReplyDelete
    Replies
    1. é uma mão cheia de boas visitas e ainda melhores comentários. tu, logicamente, és sempre muito bem vinda, tal como eu adoro visitar o teu blogue. bjs

      Delete
  5. ahahah és demais! Isso demonstra que tens um leque de receitas que agrada a gregos e a troianos e que ficam ainda melhores porque pões sempre o teu cunho pessoal na forma como apresentas a receita. A sério, quem mais me faria vir (aos pulinhos :P) ler um post de uma receita de frango? Não há muita gente, não! (e o melhor é que agora já arranjei mais uma ideia para marinar seitan!)

    Ah e falta o importante "Já não me alimento sem vir aqui primeiro ver o que postaste". Está quase na verdade, porque o teu post sai sempre à hora do meu pequeno almoço e fico a lê-lo enquanto como. :P

    beijinhooos (desta vez sem asteriscos eheh :P)

    ReplyDelete
  6. É importante assumirmos que nem tudo o que cozinhamos dá certo. Acho que praticamente em todas as cozinhas acontecem por vezes desastres culinários. É natural, especialmente se for a primeira vez que fazemos algo. Outras vezes, a receita dá certo à primeira e já o mesmo não acontece à segunda. É também normal, neste meio dos blogues de culinária, associarmos algumas pessoas, que muitas vezes nem conhecemos pessoalmente, a determinada doutrina ou estilo culinário. Elaboramos assim perfis, ideias pré-concebidas que por vezes ao conhecemos a pessoa caem sobre terra. Depois destes devaneios, quero dizer-te que gosto imenso de ler os teus posts e de apreciar os petiscos que vão saindo da tua cozinha.

    Beijinhos e abraços aqui da ilha.
    Patrícia

    ReplyDelete
    Replies
    1. é dos erros que vou cometendo a par da vontade de fazer mais e melhor que tenho aprendido tanto na cozinha. isso e visitando os vossos blogues. o teu, já se sabe, é visita obrigatória, ou não terias levado dois primeiros prémios directamente daqui (e mais do que merecidos!). às vezes também penso que se conhecesse pessoalmente muitos dos autores dos blogues que leio, a impressão seria diferente: uns para melhor, outros para pior. a verdade é que para aqui, como para o resto da vida, trazemos apenas parcelas de que somos e vamos sempre agradar a uns e desiludir a outros. seja como for, percebe-se facilmente quem é genuíno ou quem é incapaz de tirar a máscara, mesmo escondendo-se detrás de um monitor... ainda bem que gostas de passar por aqui, tenho a certeza que se nos encontrássemos pessoalmente o prazer seria mútuo. beijinhos

      Delete
  7. Adorei este post Maria, pois conheces bem os teus leitores e, no que me toca, sim, podes contar que lerei sempre do início ao fim, pois adoro!
    Aposto que a Maria João vai aprovar esta refeição, pois eu também adorei!
    Beijinhos,
    Lia.

    ReplyDelete
  8. Uma saborosa sugestão.
    Bjs, Susana

    ReplyDelete
  9. Olha, esta é suficientemente exótica para eu comentar! :-D Estou a brincar, adorei a referência! Obrigada! E essas tangerinas casam bem com a carne do frango? Lá vou ter que testar mais uma das tuas receitas! ;-)

    ReplyDelete

Post a Comment

Popular Posts