Pão pita com hambúrguer vegetariano.


Há quem diga que eu expludo muito facilmente, mas discordo totalmente dessa afirmação. Na realidade, tenho muito autocontrolo. Tolero uma, tolero duas, à terceira já estou a espumar da boca e à quarta mando toda a gente para o ca*****. Não suporto injustiças, especialmente se dirigidas contra mim. Detesto mentirosos, gente gratuitamente provocadora e cínicos. Os hipócritas mereciam um lugar no inferno amarrados a alguém com forte flatulência e que esse castigo fosse eterno. Se me dessem a escolher entre perdoar alguém que me fez mal deliberadamente ou uma vingança bem arquitectada, acreditem que a segunda opção seria imediatamente escolhida, sem pensar duas vezes. Mas pronto, isso sou eu que não estou propriamente em vias de ser canonizada. 

Um dia, quando eu for crescida e o meu coração não for um poço de negrume, aprenderei que mesmo à 4ª provocação não vale a pena a resposta torta, o insulto ou sarcasmo certeiro apontado onde mais magoa. Um dia quando eu for crescida serei uma pessoa extremamente aborrecida. Poderão provocar-me à vontade e oh p'ra mim toda zen. Desprezo de cima, desprezo de baixo, é o que terão. Mas enquanto eu não chegar à terceira idade e precisar de tomar atenção à tensão arterial... this is as good as it gets.




~ Ingredientes ~

para os pães pita (8)

receita do blogue La Pasta

300ml de água fria
1 saqueta de fermipan dissolvida num pouco de água morna
1 colher de sopa de azeite
1 colher de chá de açúcar
500g de farinha de trigo
1 colher de café de sal marinho Necton

Colocar todos os ingredientes na máquina do pão no programa massa seguindo a ordem indicada. Ligar o forno nos 220º e quando a máquina terminar o programa, retirar a massa e estendê-la numa superfície enfarinhada com o rolo da massa. Cortar os pães com uma chávena almoçadeira e levar a cozer ao forno cerca de 10m.

para os hambúrgueres (6)

receita adaptada do blogue Not Guilty Pleasure (desculpa ter-te roubado outra receita, Patrícia, não tenho culpa que cozinhes tão bem!)
1 cup de feijão preto cozido com alguma da água de cozedura
1/2 cup de aveia integral em flocos grossos 
1/2 cup de farelo de aveia
1/4 de pimento vermelho
1/4 cup de espinafres escaldados
2 dentes de alho
1/2 tomate
1/2 cebola
coentros
1 pitada de pimenta de caiena
óregãos Suldouro
1 colher de chá de colorau Suldouro

Misturar todos os ingredientes no processador de alimentos até que estejam unidos e homogéneos. Moldar esta massa com a forma de hambúrgueres (rendeu-me 6) e levar ao forno a 180ºC num tabuleiro até que estejam prontos (cerca de 30m).

para o molho de iogurte

2 dentes de alho picados

Misturar todos os ingredientes....

para o creme de abacate

receita adaptada do blogue Not Guilty Pleasure (perdida por 100...)

1 abacate pequeno maduro
coentros picados
sumo de meio limão

... e misturar todos os ingredientes.


tempo de preparação: 50m
dificuldade: **
vegetariana: sim
para crianças:  sim 
ingrediente principal: feijão preto
 
♥ Lovely Sponsor ♥  


Comments

  1. LOOOL és a maior, podes "roubar" receitas à vontade, fico tão contente!! :D Adorei essa versão dos hambúrgueres, com pimento, yuuummi!! E se for pimento assado? Deve ficar um espectáculo vou experimentar para a próxima!!
    E os pães ficaram tão bonitos!! Não tenho é máquina de pão :( toca de trabalhar o músculo!! eheh

    Eu também gostava de ser assim muito zen, só mesmo para não me chatear, porque eu até sou uma pessoa comedida nas palavras, só que cá dentro depois anda tudo em estado de ebulição! E eu ainda sou uma rapariga muito nova para andar com rugas, cabelos brancos e cheia da nerves!! Estou a treinar! Quando conseguir atingir o nirvana eu ensino-te o truque! :P

    beijinhooo**

    ReplyDelete
  2. Ahahahah, eu não acho nada disso, mas se calhar tenho apanhado os teus melhores dias, será????
    Esses hamburgueres e o pão têm um ar apetitoso. Por acaso tenho uns da Patricia já marcados. E descansa que não és só tu a achar que a Patricia cozinha bem, a minha ultima receita veio do blog dela e hoje sai outra de lá!!!!
    Bjoka
    Rita

    ReplyDelete
  3. Tem um aspecto mesmo divinal :D

    coceat.blogspot.pt

    ReplyDelete
  4. Que aspeto mesmo bom!! Gosto tanto destas comidinhas :)
    Mas o que não consigo mesmo é não largar um sorriso perante estes teus posts... ;) hehe
    Hoje pelo blog é dia de "Há vida para além da massa de atum"! E temos desafio a decorrer, não te esqueças, contamos com a tua participação :)
    http://coisasecoisinhasdecomerechorarpormais.blogspot.pt/2014/04/ha-vida-para-alem-da-massa-de-atum-4.html
    Beijinhos *

    ReplyDelete
  5. Bela sugestão!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  6. O que eu adoro ler estes posts. Viva a boa disposição!
    Feijão preto adoro e é uma boa sugestão, há muito que não o como.
    Até breve.

    ReplyDelete
  7. Ficaram fantásticos! Ainda não me dediquei ao pão pita, mas tenho que o fazer em breve! Quanto ao mau feitio, cada um é como é, e umas respostas tortas também não matam ninguém.

    ReplyDelete
  8. Então quer dizer que já sou gente crescida? É que eu antes também era assim, fervia em pouca água e não mandava as pessoas para o ca********, mas antes para a co..... da mãe, isto em português, depois tinha um rol sem fim de injúrias em francês, porque me sinto mais à vontade com a minha língua materna, mas as pessoas acabavam por não perceber os insultos ;)
    Mas por vezes, um simples "sua goooorda!!", é bem mais eficaz ;)
    Adoro pitas, isto sem jogo de palavras ;)

    ReplyDelete
  9. E eu cada vez ando mais intolerante.
    Antes era um poço de tolerância, agora o que não quero, não faço e já respondo mal se assim merecerem.
    Esse pão pita ficou bem bom, com o hamburger.
    Um beijinho.

    ReplyDelete
  10. bem... olha, faz-nos um favor: não cresças, não te tornes aborrecida! E responde, que guardar os negrumes fas mal à saúde!! :P
    Adorei o hambúrguer!

    ReplyDelete
  11. É muito bom dizer o que se pensa na hora certa para depois por uma pedra em cima do assunto. Não vale a pena guardar sentimentos negativos... mas vale a pena explodir para libertar tudo o que é mau. Adorei esses hambúrgueres :)
    Bj

    ReplyDelete

Post a Comment

Popular Posts