Resoluções de ano novo e uma receita.


"I wish you endless dreams and the courage to accomplish some of them. I wish you to love what is to love and forget what is to forget. I wish you passion and silence. I wish you strength to resist indifference and negativity of our times. I especially wish you to be you. Never give up on search, adventure, love & hope because life is a wonderful adventure and no one reasonable enough should give up on it without struggle. I wish you to be proud of yourself and happy, because Happiness is our ultimate aim and Destiny."
  ~ Jacques Brel


Depois do sucesso estrondoso que foi a minha última publicação, não poderia de maneira alguma deixar este blogue ao abandono. Recebi mensagens no facebook, comentários e até emails de além-mar elogiando as minhas palavras e motivando-me a continuar. Não sei se alguém não gostou da minha frontalidade, ou até mesmo se enfiou o barrete, porque não me chegaram directamente tais dizeres. E como não me foram ditos na cara, não contam. Só contabilizo, portanto, os comentários positivos que sublinham o quanto o meu blogue é espectacular e como as minhas receitas são as melhores, por isso vou continuar a escrever, a publicar receitas e a espalhar pelo mundo cibernético todo o amor que me vai no peito. Portanto, sentem-se bem sentadinhas, minhas caras amigas, que este blogue não está morto, nem sequer moribundo, está de boa saúde e recomenda-se. E quem não gosta, faça o favor de procurar outro com o qual se identifique mais que este não vai mudar, nem para melhor nem para pior: vai continuar fiel a si mesmo.

Assim sendo, primeira resolução de 2015: manter o blogue. E como gosto tanto dos meus leitores - que mesmo afastada das publicações, continuam a encher-me o Facebook de likes -, explico-vos as razões pelas quais este espaço se manterá em funcionamento.

Em primeiro lugar, aprendi imenso com os blogues de outros, pelo que a partilha me incentiva a pensar que o meu pode ter tido também algum tipo de influência positiva na vida de terceiros. O que aqui publico, ao nível de receitas, é o que gosto, o que resulta cá em casa. Se resultar convosco também, a existência deste espaço já está justificada.

Apesar de ter os meus "lovely sponsors", nunca foi meu objectivo criar um blogue que agradasse à maioria, que não tomasse partidos ou que consubstanciasse um tipo de personalidade que não é a minha. Por isso, como não sou dada a políticas nem a diplomacias, vou manter a mesma linha que me trouxe até aqui nos últimos 3 anos. Mesmo que ninguém leia - o que também não parece de todo ser o caso - desde que me agrade a mim, a coisa está feita e arrumada.

Acima de tudo, gosto muito de cozinhar. Gosto de me enfiar na minha cozinha de 3 metros quadrados, rodeada de muitos poucos instrumentos profissionais e fotografáveis, de dar uma vista de olhos pelos meus vários livros de culinára, fechá-los e criar algo meu. Gosto de valorizar o conteúdo e não a forma. Gosto de quem valoriza isso acima de tudo. Gosto de ler e aprender mais sobre nutrição, de comer com sabor e com saúde. Gosto de quem é como eu.

Gosto da linha de contacto que estabeleci com algumas pessoas. Adorei ter recebido votos de boas festas de quem conheci apenas porque tenho um blogue e elas também. Gosto de tê-las na minha vida, de partilhar as fotografias dos meus gatos e de pedacinhos do meu dia a dia, de lhes enviar uma mensagem para esclarecer dúvidas culinárias. Gosto de quem gosta de mim.

E gosto de valorizar o que de bom este blogue me trouxe, como a possibilidade de trabalhar um ano em cozinha, de aprender muito mais do que alguma vez pensei que estivesse ao meu alcance (o bom e o mau...), de todos os dias subir mais um degrauzinho no conhecimento culinário, aquele que a mim muito me surpreende e agrada por não ser finito. Na lógica do "só sei que nada sei", a cozinha ensina-nos tanto...

Gosto de estar a cozinhar um projecto que não posso ainda partilhar porque espero que se torne em algo bem maior do que o que alguma vez planeei para este blogue.

E também gosto de escrever. Acima de tudo, e mesmo com todo o potencial criativo que a cozinha em si encerra e que me motiva diariamente a experimentar este e aquele ingrediente, esta e aquela receita, o que me impulsiona a manter este blogue, é a escrita. Sobre o dia de hoje, sobre as expectativas de amanhã, seja sobre o que for... há mais na vida do que comer, e a escrita, para mim, aqui, preenche esses espaços. E quem vem ler só para concluir que sou uma triste e uma frustrada, digam-me sinceramente: quem são vocês que perdem tempo a ler o que escrevo, senão uma caricatura hipócrita do que criticam nos outros?

E pronto, este blogue mantém-se. Pessoas que se manifestaram e outras que se mantiveram caladas, continuo por aqui. A regularidade com que publicarei e mesmo a qualidade das fotografias estarão condicionadas ao meu tempo e energia ao fim do dia. Por isso, não esperem mais de mim do que o que posso aqui deixar; mas acreditem que, sempre que aqui vier, nada faltará: nem receitas, nem histórias.

E hoje deixo-vos uma receita que permite aproveitar uma das melhores coisas que 2014 nos deixou: o camarão do reveillon! Não deitem fora cascas nem cabeças, transformem-nas num caldo. Por isso, cá está a minha pequena adaptação da receita da Joana Roque, autora do blogue de culinária que me pôs a cozinhar, que sigo desde sempre e que para mim será sempre uma inspiração. Aquela mesma pessoa que há tempos escreveu: "o mundo dos blogues de culinária é feito de panelinhas e eu sou uma panela de pressão". Nem mais... Portanto, se ainda não deitaram fora os restos (desculpem, "sobras"...) do fim de ano, aproveitem esta receita e evitem o desperdício!


~ Ingredientes ~

ligeiramente adaptado de A economia cá de casa

1 fio de azeite
800 - 1000g de cabeças e cascas de camarão
1 tomate grande, maduro
1 cenoura
1 cebola pequena
1 dente de alho
1/2 colher de café de azeite de jindungo com alecrim (artesanal, comprei numa feira)
100ml de vinho branco
água qb

Refogar as cabeças e cascas de camarão cozidas no azeite, jindungo, cebola e alho. Juntar o tomate e a cenoura, cortados aos pedaços. Cozinhar cerca de 15m, até que os sabores se unam. Adicionar o vinho branco e deixar evaporar. Adicionar água suficiente que cubra os camarões e deixar cozinhar mais 45m - 1hora. Colocar metade do preparado no liquidificador e bater até homogeneizar. Com o auxílio de um filtro, separar a parte líquida da sólida. Repetir com o preparado restante. Dispensar a parte sólida e colocar o líquido em cuvetes de gelo, no congelador, para utilizar os caldos de camarão em risottos, massas...



tempo de preparação: 90m  
dificuldade: *
vegetariana: não
para crianças: não
ingredientes principais: camarão cozido

Comments

  1. Eu adorei o ultimo post :P Acho muito bem que continues com o blog Maria! Eu sigo muito poucos blogs mas não é por maldade, além de haver muitos não há tempo para passar horas a ver blogs (nem disposição), mas o teu como de outras pessoas que faço questão de dar um "oi" de vez em quando, fascinam-me e destacam-se pela simplicidade, autenticidade, ausência de manias de celebridade, boa disposição e partilha positiva. São vários factores que fazem com que venha cuscar, porque quem fica a ganhar somos nós, as leitoras :)
    Ahh pois, é verdade! Uma coisa que ando a reparar ultimamente é que as pessoas gostam de por pressão nas nossas publicações, publicamos o que queremos e quando queremos ora essa! Outra coisa, fico chocada com as pessoas que "não gostam" de um blog e insistem em picar o ponto todos os dias, para quê ? Eu acho é que adoram isso sim! ihihihi
    Quanto á minha adesão ao peixe, devo-te a ti acredita. Algo que não falta lá em casa todas as semanas é uma ebalagem de filetes de pescada (é melhor que nada não é). Obrigada Maria! Eu e o peixe tem de ser com muita calma :P
    Partilha tudo o que quiseres, eu aprendo muito coisa por aqui mesmo que não coloque em prática. Ahhh ja vi que vêm boas noticias por aí :D uauuu optimo! Eu acho é que está na hora de escreveres um livro, és super autentica, talentosa, delicada a cozinhar e verdadeira! Sim, estou a ser repetitiva mas é o que transmites e só estou a dizer verdades. Quanto aos teus projectos espero que corram bem, vão correr aliás! Força :) Quanto á receita de hoje as minhas sobras de camarão já estão no contentor hihiih. Quanto ao blog da Joana Roque acho que foi dos primeiros blogs de culinaria que vi , mas já foi há uns bons anos atras, quando era mais pita ainda ehehehe. Muito fixe mesmo, gosto dela tambem :D Resumindo, eu valorizo todos os bloggers que partilham um pouco de si para o mundo, a serio que sim! Partilhar e ajudar o próximo sem ter muito em retorno é uma dádiva (sim, eu sou lamechas ehehehe).

    Bom ano, muita saúde para os gatinhos e boa continuação no blog :D

    ReplyDelete
    Replies
    1. ahaha joana, tu és demais! fico contente em saber que fui responsável por levar o peixe para a tua alimentação! é realmente delicioso e bastante saudável, era uma pena que não gostasses. às vezes vejo receitas com peixe e penso "ah, talvez esta a joana goste!". é engraçado ver as relações que se estabelecem neste meio que pode ser tão mauzinho. sem dúvida que há coisas boas que valem a pena manter-me por cá!
      a joana roque é a maior, é dos blogues que sigo desde sempre. o dela e o no soup for you, embora de estilos distintos, são muto bons.
      Obrigada pelos elogios, estou aqui tão inchada que nem te digo! ehhe! :p
      beijoooo

      Delete
  2. ora aqui está uma boa notícia para começar bem o Ano Novo! :D
    Acho bem que mantenhas o Blog porque apesar de eu andar meio desaparecida dos comentários, sabes que gosto muito de te ler e das tuas receitas! Descubro sempre mais uma coisa em comum, desta vez foi saber que o Blog da Joana Roque é que te inspirou a começar "nesta vida", porque a mim, também! eheheh Great minds... think alike, certo!?
    E vou ficar atenta a esse novo projeto...
    Um 2015 cheio de sucessos!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Great minds think alike, indeed! ;)
      Que bom saber que andas ainda por aqui, fico muito feliz. Também vou muitas vezes espreitar as tuas sugestões e digo-te já que é obra conseguir publicar diariamente com qualidade. Não é qualquer um, não senhora!
      Ah, quando surgir o projecto, vais saber, mas não pelo blogue... ;)
      Beijinhos

      Delete
  3. Olá! Há muito tempo que não deixava aqui um comentário mas hoje decidi fazê-lo. E vim aqui dizer que apoio muito os pensamentos explorados nos dois últimos posts.
    Um blog deve ser, acima de tudo, um local de registo muito pessoal, sendo que valorizo imenso os autores que se mantêm fiéis a si mesmos em vez de vestir uma segunda pele para tentar agradar aos outros. Num mundo virtual em que abundam os blogs de culinária, aquilo que procuro e onde me demoro mais é nas histórias, na honestidade e na pureza dos pensamentos. Olhar para fotografias e para as receitas é fácil faz-se rápido. Gosto de me perder na leitura, mas primeiro o texto tem de me cativar pela autenticidade - coisa que encontro sempre neste blog e motivo pelo qual por vezes me custa publicar, sendo que ter uma receita e fotografias sem umas linhas de texto escritas no puro ímpeto da publicação não me é suficiente.
    Ao contrário do que muitos possam ser levados a crer, é da escrita que tiro também grande prazer no meu blog. Por acaso gosto imenso de cozinhar e estou sempre a tentar criar receitas novas e a testar as que vou encontrando por aí, e por acaso adoro fotografia e tiro imenso prazer de fotografar diariamente (comida e não) e também me dá imenso gozo editar imagens. No entanto faço-o apenas para me agradar a mim mesma e como forma de me entreter - preocupo-me pouco com o que os outros pensam acerca do que publico, acerca do que devia ou não ser, e penso no blog mais como um registo pessoal de momentos, pensamentos, receitas e fotografias, de tal modo que às vezes me esqueço que as outras pessoas podem ler aquilo que escrevi.
    E porque temos ambas um blog de culinária, desejo um feliz ano novo cheio de coisas boas :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. eu também acho que só receitas não é o suficiente, pelo menos para mim não. e vir cá só escrever ingredientes e como combiná-los, não me faria feliz. para além disso, a questão de vestir uma segunda pele ou de ser um blogue impessoal, nem sequer me ocorre. acho tão mau que nem vale a pena o esforço. para isso não há blogue.
      eu gosto das fotografias, das receitas e do resto, mas não gosto da competição, das intrigas e da falta de valores de algumas pessoas. para isso tenho zero paciência. acho que se não gostam, não comam. passem para o blogue da "amiga", aquela a quem deixam sempre um comentário e de quem se calhar na volta dizem cobras e lagartos nas costas... eu nem sequer vou aos blogues de gente com quem não me identifico, simplesmente não os abro, não existem, tal como para mim não existem essas pessoas e a sua falta de vida própria que as leva a perder tempo com idiotices.
      enfim... nada que não valha a pena deixar no ano velho! ;)
      beijinhos!*

      Delete
  4. Resolução de ano novo: Cozinhar mais e diversificar e por isso acho muito bem que continues por cá para eu poder inspirar-me. Animo... Coisas menos boas existirão sempre mas as melhores também, o importante é fazer o que gostamos e o que consideramos ser o melhor para nós mesmos! :) Bom ano!

    ReplyDelete
    Replies
    1. olha que bom! gosto sempre de servir de inspiração! bom ano*

      Delete
  5. Que bela noticia! O que queremos é ver receitas e historias inspiradoras.. As regularidade e a qualidade das fotos... Isso fazes conforme puderes :/
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt

    ReplyDelete
  6. Adorei a notícia :D
    Adoro o teu blog e para mim é um dos mais espontâneos e verdadeiros que se circulam na blogosfera. è com enorme prazer que venho ler o que escreves e sou fã da tua frontalidade ;)
    Quem gosta gosta, quem não gosta passe ao lado. Não podemos agradar a todos e desde que faças o que te dá gosto, o que te faz feliz é o que interessa. Para obrigação basta o trabalho (e nem esse devia ser), um blog deve ser feito com amor, com vontade, sem pressão e sobretudo ser um espelho do que somos.
    Obrigado por voltares!
    Bjo, um bom ano!
    Sara

    ReplyDelete
    Replies
    1. ah que bom, sara! ainda bem que gostas! eu adoro o teu blogue, tiro de lá imensas ideias e mesmo receitas na íntegra que me ajudam a comer melhor e com mais sabor. é para mim uma das fontes de inspiração mais seguras da blogosfera.
      beijinhos e bom ano!

      Delete
  7. Nunca duvidei disso, menina Maria! ;)
    Tinha a certeza que não ias conseguir deixar este cantinho ao abandono e os teus leitores/seguidores/amigos virtuais, seja o que for, sem os teus fantásticos textos e sentido de humor ímpar! Foi a melhor resolução :)
    Cada um encara, vive e gere o seu blog como melhor sabe e entende. Só assim faz sentido! Claro que nunca nos poderiamos identificar com todos, seria parvo, além de impossível. Quem não gosta: "andameeeeento!", é simples!
    Confesso que agradeço o facto de não me aperceber de tanto "mau ambiente" que por ai anda, sinceramente passa-me ao lado. E ainda bem.
    Tenho-te a dizer que contigo já aprendi algumas coisas, partilhei outras (bem pessoais, por sinal) e até ganhei um prémio!!! Lembras-te? :D

    Desejo-te o melhor dos melhores para 2015. Muitas concretizações e muita verdade, sempre!
    Bom, ainda não te tinha respondido no face, acho que este post conta, certo? :D :D

    Bjinhos grandes

    ReplyDelete
  8. Olá,
    Ando desaparecida mas cá estou eu para te desejar um Feliz Ano e continuação de muitas receitinhas aqui no blog.
    Bjs

    ReplyDelete
  9. yeeeeey final feliz :D Tens razão, o auge não chegou ainda! Depois deste post tenho mesmo a certeza, e aposto que tu também :)
    Sigo o teu blog há pouco tempo mas também sou fã :D Ainda bem que decidiste continuar :)
    Achei a receita muito engraçada, apesar de ser estranha! Eu estava a pensar «ohmeudeus, o que é que ela vai fazer com isto? Rissóis? Mas aquilo está sólido, deve estar congelado... GELADOS?!» hahaha :P

    ReplyDelete
  10. OK! Eu, afastada de meu blogue 6 meses, e chego aqui e vejo que tivemos uma resolução de ano novo parecida :)
    Adoro o teu blogue (mesmo sendo funcionária pública... grrrrrr ;) )
    beijinhos

    ReplyDelete
  11. É este o espírito, ainda bem que ficas :) Bom ano ** (passo muitas vezes atrasada mas nunca deixo de passar, portanto é bom que não me desaparecas do feed :))

    ReplyDelete
  12. ok, vamos ao importante deste post:

    COMO RAIO METES TU O CALDO PARA DENTRO DESSES SACOS DE GELO??

    Devem ser coisas do além só pode, não vejo isso ser tecnicamente possível, se eu a enhcer com água espingalho tudo e lá vai metade da água por fora, meu rico caldinho (DE LEGUMES!!!!)

    Quanto ao resto já sabes, gosto muito de ver um post novo teu a aparecer, gosto de te ler e gosto de partilhar duvidas culinárias, felinas e existenciais contigo, coisa boa essa dos blogs encontrarmos desconhecidos com quem afinal temos tanto em comum! Resolução de 2015: ignorar o mau e cuidar do que é bom e nos faz felizes por isso acho muito bem que continues a alimentar aqui o teu cantinho.

    BEIJO!

    (Outra resolução de ano novo tua devia ser uma coisa que eu cá sei, embora tenhas logo posto uma receita de peixe como a primeira de 2015, mas vamos com calma, ainda lá chegarás... :P )

    ReplyDelete

Post a Comment

Popular Posts