Bolo de farinha de milho e erva doce.




Não há fome que não dê em fartura. Depois de uma longa travessia do deserto, em que não encontrava trabalho na minha área, em que nunca mais terminava de escrever o doutoramento, em que comecei a trabalhar numa empresa de loucos, em que passei um ano a desenvolver as minhas técnicas culinárias e a dar explicações de Literatura Portuguesa, finalmente assino como antropóloga. Foi um longo e árduo caminho que me abriu as portas para um cenário laboral ainda mais fucked up do que alguma vez esperei encontrar. Mas o bom das travessias do deserto é que nos preparam para o pior e nos ensinam a crescer. Ensinam-nos também a valorizar o que é bom e a desprezar o mau, a separar mais rapidamente o trigo do joio, a antecipar o ângulo da curva antes que ela se desenhe no horizonte. Não nos impedem de sofrer nem de lidar com energúmenos numa base diária, mas ajudam a relativizar e a não reagir à primeira, algo em que me especializei devido ao meu feitio "particular". Actualmente sou muito mais calculista e prática, sei perfeitamente quando e a quem apresentar o meu mais amarelo sorriso. E deixei de me queixar por ter caído numa aldeia de macacos. Limito-me a levar amendoins para o trabalho e a divertir-me enquanto assisto ao espectáculo. Os amendoins são para lhes atirar a eles, não para mim, já agora.

Outro aspecto positivo das travessias do deserto é que, muitas vezes, surgem períodos de vacas gordas logo após despacharmos as magras. E foi assim que me vi a ter saudades de cozinhar (de preferência numa situação laboral menos escravizadora, se puder ser...) e fui novamente contactada para dar explicações. Lido com o bichinho da cozinha de outra maneira, mas alimento-o regularmente. Preparo o doutoramento com novo ânimo porque recentemente se abriram perspectivas de carreira inesperadas e tãooooo boas! Por outras palavras, tenho muito com o que me entreter actualmente. E isso não é bom, é óptimo.

Por isso, nada melhor do que comemorar com um bolinho, ainda para mais saudável e livre de qualquer culpa. Até porque se as vacas são gordas, é porque ninguém as comeu. Ainda.


~ Ingredientes ~

receita adaptada de Loja Vista-se

1/4 cup de óleo de côco
1 cup de açúcar amarelo
1 1/2 cup de farinha de trigo com fermento
1 1/2 cup de farinha de milho
340ml de leite de soja
1 colher de sobremesa de erva doce


Se o óleo de côco estiver em estado sólido, começar por batê-lo a uma intensidade elevada até que amoleça um pouco. Adicionar o açúcar, a erva doce e 90ml de leite de soja e bater até conseguir uma massa homogénea. Juntar as farinhas gradualmente, batendo mais devagar. Adicionar o restante leite de soja, misturando sempre até obter uma massa cremosa. Levar a forno pré-aquecido a 180º numa forma untada (ou de silicone) com um buraco ao meio. Retirar depois de realizar o teste do palito, cerca de 45m depois.

tempo de preparação: 60m
dificuldade: *
vegetariana: sim
para crianças: sim 
ingredientes principais: farinha de milho e erva doce
 
 

Comments

  1. tudo de bom para as novas perspectivas de carreira espero que corra tudo bem, já agora o bolo está com boa cor e parece bem fofinho e cheio de sabor


    www.ocantinhodosgulosos.blogspot.pt

    ReplyDelete
  2. Imagino o cheirinho deste bolo, deve ser delicioso mesmo, bjokitas

    ReplyDelete
  3. Gosto bastante do teu bolo, diferente e tão apetitoso!

    ReplyDelete
  4. Mmmmmm, tão bom!!
    Ahh, afinal é aqui que anda o meu prato!! ;)
    http://instagram.com/annabelle_madeira/

    ReplyDelete
  5. Muitos parabéns e que bela maneira de comemorar!

    ReplyDelete
  6. Simples e apetitoso!

    Acompanhem também: http://deaprendizachef.blogspot.com/

    ReplyDelete
  7. Excelente combinação de ingredientes!
    E votos de muitos sucessos profissionais!
    Um beijinho
    Helena
    Cooking

    ReplyDelete
  8. Tao bom!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  9. Fiquei mesmo, mesmo feliz com o que li! Muitos parabéns pelas vacas gordas que finalmente encontras no caminho! ;) Só ficaria mais feliz se estivesse a partilhar uma fatia desse bolo contigo! ;)
    Beijinhos, querida!

    ReplyDelete
  10. Bolos e notícias boas :) dão ânimo aos dias!
    As vacas gordas aparecem, é só não desistir e lutar sempre pelo que nos faz mais feliz.
    E trabalhar na tua área é mesmo motivo para celebrar, fico contente. Já lanchava era esse bolinho, beijo.

    ReplyDelete
  11. Não comes os amendoins?! Podes comê-los enquanto vês o espetáculo. Toda a gente sabe que comer amendoins e assistir a um espetáculo é do melhor... haha ;)
    Bolo lindo, estes assim matam bem a fome de cozinhar! :)

    ReplyDelete

Post a Comment

Popular Posts