Sopa fria para dias quentes.


Aiiiii este calor mata-me. Pedaço a pedaço arranca-me a alma. Nesta altura do ano troco as sopas pelas saladas para manter a quantidade de legumes ingeridos nos píncaros a que estou habituada sem suar em bica enquanto me alimento. Por norma quando como fria no verão opto sempre pelo gaspacho, especialmente o do Pingo Doce que adoro. Nunca consegui fazer nenhum tão bom e gosto da ausência de conservantes e outras merdas que a informação nutricional destes pacotes revela. Desta vez quis experimentar uma receita de sopa fria e caseira que, ainda por cima, me ajudasse a aproveitar as ervas aromáticas da mini-horta e acertei nesta que contrasta a doçura da curgete com a frescura do pepino.

E por falar em transpirar, porventura o verbo que mais emprego nesta altura do ano... Lembro-me de uma "amiga" que certa vez me atirou, em frente a uma plateia recheada, que quando era gorda também transpirava muito. Eu na altura ouvi aquilo e senti-me tão deslocada, qual balofa prestes a rebentar como uma bóia de praia. Sempre pensei que isto de suar fosse reflexo do calor, mas pelos vistos era a gordura a chorar por estar agarrada às minhas ancas. 

Seria uma dica para perder peso? Certamente que sim. Seria necessária? Garantidamente que não. Que necessidade é esta das mulheres se lançarem contra as jugulares umas das outras, abocanhando com prazer? Mesmo no ginásio vejo os homens ajudarem-se mutuamente e as mulheres constantemente olhando de lado umas para as outras. "Olha-me aquela, deve pensar que lá porque levanta metade do seu peso com as pernas, vai perder aquela celulite toda." ou o clássico "O que está aquela gorda a fazer no ginásio?" A sério? Então uma pessoa a fazer por se mexer, sentindo-se melhor por cumprir com os objectivos a que se propôs, deve ser vítima gratuita de bullying por parte de uma mão cheia de desconhecidas em licra?! 

Não há paciência, minhas amigas. Façam lá as pazes com os vossos corpos, deixem-se de merdas como o gaspacho do Pingo Doce e, já que não conseguem ser felizes, não atrapalhem o percurso das outras. Mandar os outros abaixo nunca levantou ninguém. 



Sopa fria de pepino e curgete

~ Ingredientes ~

receita adaptada do site Vaqueiro

azeite
2 curgetes médias
1 alho francês
1 cebola pequena
1/2 pepino médio
1 dente de alho fresco
hortelã-limão
manjericão-limão
sal e pimenta


Refogar o alho francês com a cebola até esta ficar translúcida. Juntar os restantes legumes (excepto o pepino), saltear uns minutos para que apurem e adicionar a água quente. Deixar cozinhar cerca de 25 minutos até que estejam tenros. Temperar com sal e pimenta. Deixar arrefecer totalmente, adicionar o pepino e as ervas aromáticas nas quantidades desejadas. Passar tudo com a varinha mágica, levar ao frigorífico e servir a sopa fresca.



Comments

  1. Raramente como sopa , essa fria parece-me bem deliciosa.
    Bom fim de semana

    ReplyDelete
    Replies
    1. obrigada, boa semana para ti também! gosto muito de sopa, mas no calor não consigo mesmo quente... :(

      Delete
  2. Desconhecidos em licra lol
    Por isso é que eu antes preferia a piscina no horário sénior, era só gente porreira e ninguém se queixava ou falava mal do outro.
    Eu consigo comer sopa quente mesmo com este calor, mas claro que as refeições frescas são muito mais apelativas. Nunca experimentei esse gaspacho do Pingo Doce, gosto mais de fazer com os tomates do meu pai (salvo seja lol)
    Um beijinho.

    ReplyDelete
    Replies
    1. eu estou com muita dificuldade mesmo em comer o que quer que seja a uma temperatura que não seja a fria. só quando baixa um pouco é que me aventuro, como agora que bebi um chá às 3 da manhã lol.
      ninguém merece tanta licra no ginásio, ainda para mais fluorescente e a olhar de lado para as minhas banhas... ;)
      beijinho

      Delete
  3. Replies
    1. também acho que seria bem ao teu género!

      Delete

Post a Comment

Popular Posts