Sair da zona de conforto nuns flatbreads de batata doce.



Todos os meses a Carla, nutricionista do Nutrição Feminina, lança o desafio: uma receita saudável, sem glúten nem lacticínios. O tema varia e já puderam ver as minhas participações nestes pãezinhos de abóbora, numas espetadas de cogumelos e nori chips para a entrada da ceia de Natal e numa pumpkin pie soup. Pode parecer fácil porque eu faço tudo soar facílimo, mas a verdade é que qualquer desafio me obriga a puxar pela cabeça. E a verdade é que de cada vez que saio da minha zona de conforto fico mais feliz com o resultado. Nunca na vida teria chegado às sugestões que trouxe aqui para o blogue ou para o site da Carla se ela não tivesse exigido um pouco mais de mim. 

Este mês pediu-nos (a mim e à Susana do Basta Cheio que também tem uma receitas deliciosas de lamber o ecrã do computador) uns pães. Muita gente foge do pão quando pretende mudar para uma alimentação saudável ou porque quer perder peso. Eu fujo um bocado a esse tipo de extremismo, para ser sincera. Acredito em tudo com moderação, mas não acredito que pão processado feito com farinha refinada me traga bem algum. Percebem a diferença? 

Desta vez quis trazer um pão diferente e como andava de olho nestes flatbreads e sou a fã número um de batata doce (ai de quem achar que me destrona!!) perguntei à Carla se estaria interessada nesta minha reinterpretação de uma receita clássica. Mudei o tipo de farinha à publicação original para chegar a uma versão sem glúten e pus mãos à obra. Mal saíram os pãezinhos do forno pensei para mim mesma "Já fizeste asneira, parecem calhaus.". E depois provei-os. São absolutamente espectaculares. Daquele tipo de espectacular que nem sequer dei a provar ao meu marido e se mais houvesse, mas teria comido. 

Por isso o meu conselho é: saiam da vossa zona de conforto. Experimentem coisas novas. Não temam em arriscar. Quem sabe do outro lado do túnel estarão estes deliciosos flatbreads à vossa espera.
  

Flatbreads de batata doce 

receita adaptada do blogue Lisa's Kitchen 

~ Ingredientes ~

1 batata doce grande (220g) assada
1/2 cup de farinha de arroz
1/2 cup de farinha de trigo sarraceno
1/4 de colher de chá de sal
1 colher de chá de cominhos moídos
1 pitada de piri-piri moído
1 colher de café de açafrão das índias 


Ligar o forno nos 200º. Embrulhar a batata doce em papel de alumínio e assá-la cerca de 30m ou até que esteja mole. Deixar arrefecer e retirar a pele. Esmagar com um garfo ou outro utensílio. Numa tigela grande à parte misturar os restantes ingredientes. Juntá-los à batata doce e seguidamente trabalhar a massa, a qual deve ficar mole e elástica o suficiente para permitir moldar as bolinhas sem colar às mãos. Se for preciso, adicionar mais um pouco de farinha ou água. Moldar 6 bolinhas, achatá-las e levá-las ao forno a 180º num tabuleiro. Assar por 20m, virando a meio do tempo. 


Tempo de preparação: 60m
Dificuldade: fácil
Serve 3

Comments

  1. Devem ser mesmo bons! Também me aconteceu algo do género com uma receita escandinava de flatbreads, quando os vi a sair do forno pensei "bolas!". Mas depois o sabor e a textura eram surpreendentemente bons!

    ReplyDelete
    Replies
    1. tal e qual! por fora crocantes e estaladiços, por dentro bem condimentados e molinhos... deliciosos!

      Delete
  2. Uii, isso tem um BOM aspecto que apetece mesmo provar.
    Adoro batata doce mas nunca me lembro de a usar noutras receitas sem ser puré.

    _ _ _ _ _ _ _ _ _ _
    Ana Teles | blog: Telita LifeStyle - Facebook: Telita LifeStyle FB


    ReplyDelete
    Replies
    1. a batata doce é um ingrediente muito flexível, tens 1001 opções para fugir ao puré! ;)

      Delete

Post a Comment

Popular Posts