A volta ao mundo em leguminosas.


Este mês a Carla do Nutrição Feminina pediu-nos que trouxéssemos para a sua mesa uma receita com leguminosas. Calha bem porque devo contar pelos dedos de uma mão a quantidade de vezes por mês  em que não como grão, feijão ou lentilhas nas refeições principais. As leguminosas são realmente alimentos muito nutritivos e extremamente versáteis, mas não precisam de mim para vos debitar a lista dos seus benefícios. Têm mesmo aqui ao lado o amigo Google para isso.

A tagine é um prato tradicional do Norte de África, sendo servido com algumas variações. O prato consiste num estufado muito apurado que cozinha no caldo dos seus ingredientes e que partilha o nome com a panela de barro em que é feito. Esta tem uma tampa que permite a circulação do vapor lá dentro, dando um toque especial aos cozinhados. Existem tagines de diferentes tipos de carne e de peixe, mas eu gosto mesmo é da de grão de bico que como num restaurante marroquino perto da Praça de Espanha, chamado Marrakesh. Sempre que lá vou opto por este prato e de sobremesa escolho uma espécie de folhado com arroz doce que é de comer e chorar por mais. Porém o que me sucede com frequência é sair do restaurante cheia de sede, provavelmente porque utilizam mais sal do que eu na cozinha. Eu sou daquelas pessoas que prefiro carregar nas especiarias e nas ervas aromáticas, que lavo todos os ingredientes em lata ou frasco para retirar o excesso de sódio, por isso penso que a minha tolerância ao sal seja bastante baixa (daí a sede).

Para fazer este prato ao meu gosto primeiro precisei de comprar a dita tagine, que já andava a namorar há algum tempo. Comprei esta muito simples na Cerâmicas na Linha no Chiado, que é uma daquelas lojas que não aconselho nada a que visitem. Primeiro porque senão compram tudo e não sobra nada para mim. E segundo porque todas as peças são tão lindas e irresistíveis que uma pessoa quer trazer tudo para casa. Ok, podem ir. Mas deixem-me tudo o que lá houver da Bordallo Pinheiro. E as tábuas da Gradirripas. E tudo o resto, basicamente. 

Para fazer esta receita decidi trocar o grão de bico por feijão mungo que é a minha nova paixão. Tem um sabor semelhante ao das ervilhas, ou pelo menos a mim sabe-me a isso, e é muito versátil também. Podem espreitar a minha receita com germinados de feijão mungo publicada há dias no site A Montra/ The Window (ou podem esperar uns dias que surgirá por aqui também, como é habitual). Entretanto deliciem-se com esta tagine que, além de ser saborosa e nutritiva, fica tão bonita ao ser servida na mesa. 


Tagine de feijão mungo e legumes


1 fio de azeite
1 colher de café de cominhos moídos
1 colher de café de mistura de especiarias de Marrocos da Flying Tiger (opcional)
1 colher de café de coentros moídos
1 colher de café de açafrão moído
gengibre ralado
1 dente de alho picado
1 cebola pequena picada
2 cenouras cortadas em cubinhos
1 batata pequena cortada em cubinhos
1 talo de aipo (com as folhas) em cubos
6 ramos de couve flor pequenos
1 cup de feijão mungo demolhado 
1 colher de sopa de pasta de tomate
orégãos frescos 
4 figos secos em cubinhos
amêndoas picadas

Colocar na base da tagine um fio de azeite. Juntar as especiarias e o gengibre ralado. Aquecer para que libertem as suas fragrâncias e depois colocar a cebola e o alho. Refogar até que fiquem translúcidos. De seguida colocar a batata e a cenoura, cozinhar 5m, e adicionar o tomate em pasta. Adicionar o aipo e os ramos de couve flor. Cozinhar mais uns minutos e de seguida adicionar o feijão mungo e os orégãos. Cobrir os legumes com água quente, tapar a tagine e reduzir o lume para o mínimo. Deixar cozinhar, espreitando de vez em quando, para ver se os legumes ficam tenros. Se for preciso, colocar um pouco mais de água. Depois de cerca de 20m a tagine deve estar pronta. Salpicar com amêndoas picadas e adicionar algumas azeitonas. Servir com couscous. 


Tempo de preparação: 60m
Dificuldade: fácil
Serve: 4


Comments

  1. Belíssimo prato.

    Beijinhos,
    Clarinha
    http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/

    ReplyDelete
  2. Conheço o restaurante :D e adoro tagine ! Ps. adoro o novo look do blog!
    beijinhos

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada, Sara! Mudei quando o blogger fez a actualização dos templates e estou a gostar bastante também. Fica mais intuitivo e fácil de ler. Vou voltar a esse restaurante esta sexta com uns amigos e de certeza que vou pedir o mesmo do menu! Eheheh! Beijinho

      Delete
  3. Adoro tagine!!
    Faço muitas vezes com frango e outras só de legumes, são refeições cheias de sabor.
    Quero ir a esse restaurante que falas tão bem! E não quero nada ir a essa loja ;) lol beijinho.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Não queres pouco ir a essa loja, já lá entrámos umas 3 vezes desde que te conheço! LOL! Andei a espreitar as tuas tagines para me inspirar a fazer esta também e têm um ar delicioso. Beijinho

      Delete

Post a Comment

Popular Posts