Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és... e uma entrada sem lactose #8


Este desafio já vai a meio e não páro de me surpreender com as receitas e histórias que me enviam! Fico feliz em ver que conseguimos promover um debate crítico e aberto sobre alimentação saudável em todas as vertentes que esta toca. Sem fanatismos, sem histerias, apenas partilhando a nossa perspectiva e respeitando a dos outros. Foi por momentos destes que se fez a revolução de Abril!

Esta semana a participação é da minha amiga Ana, uma pessoa que este blogue me trouxe e cuja cozinha, aberta a todos os que seguem o seu blogue, é um tesouro para quem adora comida saborosa. As receitas são originais, bem confeccionadas e primam pela inovação. Levam-nos a viajar pelo mundo inteiro, das entradas à sobremesa. E se na sua cozinha entra tudo menos lactose, isso não significa que não haja muito por onde explorar. Sempre que tenho um ingrediente novo para experimentar não me inibo de percorrer o seu arquivo de receitas para encontrar maneiras de o cozinhar cá em casa. Foi a Ana que me introduziu à farinha de castanha, aos ovos biológicos do Campo Pequeno, é com ela que entro porta sim porta não nos supermercados aromáticos do Martim Moniz e Almirante Reis. Já partilhámos as suas broas caseiras (não peçam a receita, é segredo de família!) e um bubble tea no centro de Lisboa, mas também tabletes exóticas no Mercado do Chocolate. Onde houver uma feira ou um supermercado biológico novo para experimentar, nós vamos. E mal o bebé deixe, espero que me inicie nas provas de vinho. Se eu já sou assim sóbria, nem queiram saber a companhia divertida em que me torno depois de dois copos de tinto. Ou branco, tanto faz, a diversão é garantida.

Tal como nos conta, a sua alimentação foi variando ao longo da vida e sendo ajustada de acordo com o que os momentos pediam. Fases diferentes exigem aportes nutricionais distintos. O diagnóstico de intolerância à lactose não limitou as suas escolhas ou as suas experiências culinárias, pelo contrário: permitiu que explorasse todo um mundo de comida a sério, afastado dos produtos processados com o rótulo "sem lactose". Apesar do foco numa alimentação saudável se ter centrado inicialmente em evitar leite, manteiga, queijo e iogurtes de origem animal, a Ana não desvalorizou a importância que outros aspectos da vida têm no seu equilíbrio. Não basta retirar este ou aquele ingrediente da nossa vida e esperarmos que essa "silver bullet" faça o trabalho todo. É importante pensar no conjunto, em como as várias estruturas se agrupam e relacionam. Faço minhas as palavras da Ana e assino por baixo no que escreve. E aproveito para acrescentar: cultivem relações de amizade que vos enriqueçam a vida, desprezem as que nada acrescentam. Aproximem-se de quem tem sempre algo para vos ensinar e um ouvido disponível quando é preciso. Só assim terão com quem partilhar receitas especiais, como estas deliciosas tostas com tofu e beterraba que podem encontrar no Cozinhar com Lactose.




Se quiserem também participar neste desafio, poderão fazê-lo. Enviem-me um email para lim.edition2012@gmail.com e guardo-vos um espaço no calendário. Se reproduzirem nas vossas cozinhas alguma das propostas aqui apresentadas, utilizem o #desafioreceitasaudável e partilhem connosco as vossas versões e interpretações para que todos possamos contribuir para um estilo de vida mais saudável que passa pela comida, mas não se esgota nela.


Comments

  1. Obrigada! ;-) É sempre um prazer participar nestes desafios e partilhar coisas contigo.

    ReplyDelete
    Replies
    1. de nada! gosto muito dos teus smiles com nariz, não sei se já to tinha dito :p

      Delete

Post a Comment

Popular Posts